Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem sonha justiça...


Já fui bancária.
Muito sonhadora. Aguentei 2 anos.
Já estava insuportável.

Então surgiu uma nova oportunidade, um concurso.
Fiz e passei; isso há mais de 30 anos.

Me encontrei num trabalho em prol da justiça, num trabalho hostil e pesado, que é trazer à luz do direito a pacificação social.

Uma luta árdua, mas uma realidade que se torna concreta a cada situação resolvida, cada caso solucionado, cada direito realizado.

Como uma pessoa que sonha justiça poderia continuar bancária?
Não podia: capitalismo não é seu ideal.
Maria Tereza Bodemer
Enviado por Maria Tereza Bodemer em 09/05/2018
Código do texto: T6332131
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tereza Bodemer - Recanto das Letras.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Tereza Bodemer
Rolim de Moura - Rondônia - Brasil
408 textos (7415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/18 17:49)
Maria Tereza Bodemer