Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHAS FÉRIAS NO PARAGUAI...

         

               
Minhas férias em plena obra no Paraguai...


Como já tinha quase 3 anos na empresa  e com minhas férias já vencidas há tempo o meu patrão permitiu que fosse tirar as férias fora de época escolar, pois assim posso viajar com os meus filhos ou filhas e curtir as férias de verdade, mas dessa vez em plena primavera... exatamente em Setembro recebi um telefonema do patrão avisando que o meu colega Eng. Luiz Mello que sempre trabalhei com ele tinha problemas em Puerto Iguazu, no lado paraguaio na fábrica de Celulose Alto Parana, e claro as minhas férias seriam a trabalho com ele por lá!!!


- Patrão acabei sair de férias e nem faz uma semana já tenho que voltar a trabalho???


- Sem reclamação, pois tu és imprescindivel pois és o único que pode nos salvar lá com o cliente e o Luiz está todo enrolado com os paraguaios e argentinos que não colaboram a ele!!!!


- Tudo bem... então deixa comigo, que resolvo essa parada!!!


- Conto contigo, mas vá com calma, pois estamos em obra no país vizinho e eles são cheios de dengo!!!


Assim peguei o meu carro um Del Rey Ghia que já anda comigo como meu parceiro de aventuras, e atravessei a fronteira dando informações a alfandega paraguaia e a fiscalização de fronteira que estou em vacances... ou de férias e como turista no Paraguai, pois eles não permitem que a gente trabalhe por lá, afinal zelam para que os empregos sejam para seus conterrâneos paraguaios!!!


- Salve, Japa... que bom ve-lo conosco de novo!!! - foi a saudação do velho amigo Luiz Mello, afinal acho que é a quarta obras juntos...


- Bem amigo, estou de férias, mas já viu o JY jamais pede... manda... e a gente obedece!!!


- Sabia que tu não ia negar fogo... e estou numa sinuca aqui que acho que só você pode me ajudar a resolver... pois é um bando de nó cego por aqui, cara!!!!


- Pode deixar comigo, que resolvo ou não me chamo... CONTRATO DE RISCO... se lembra disso amigo... lá em Canoinhas e Três Barras????
- Cara... tu não é brincadeira... com a noiva do cara no motel... tu arrisca demais japa!!!!


- Bem por aqui parece que não tem mulheres tão lindas como em Santa Catarina???


- Dá para o gasto... mas quando quiser a gente vai até o Brasil... é só uma hora e meia de viagem e passamos a fronteira e a gente curte o fim de semana nas boates por lá... pois por aqui não vale a pena!!!


- Beleza, chefia... mas vamos trabalhar... senão o JY... manda a conta... e fico desempregado!!!!


Daquele dia em diante a minha tarefa foi botar a tropa de elite para fiscalizar os paraguaios e argentinos que são piores e adoram tomar chimarrão... e quando esfria demais ... vira Terere... e continuam a vagabundice... de meia e meia hora querer fazer cera de mais meia hora para tomar o chimarrão ou Terere!!!


- Dispensado, pois preciso de profissionais e devolva todos esses soldadores para a base na Argentina e avisa o nosso colega... que queremos gente trabalhadora senão nem mande mais ninguém... principalmente esses do sindicato... pois são nulos!!!!


Assim dispensei no primeiro dia e na primeira semana todos os vagabundos e contratei novos soldadores e os qualifiquei para que fossem classificados e por melhor trabalho ganhariam prêmio e  a competição de quem produz mais e melhor dava horas prêmio e isso incentiva demais principalmente quem quer tirar um fim de semana na boate pelas bandas de lá... pois como dizem os peões por lá:-


- Ei chefe... não esquenta... que a gente não come cara!!!!


- Com certeza!!!! Mas como diz Vinicius de Moraes... Que Deus abençoe as bonitas e as feias quando tiver tempo!!!


- Essa é boa chefia... pelo menos as nossas feias aqui devem estar abençoadas por Deus!!!


Ao chegar no meu alojamento que era um quarto úmido e toda a roupa de cama mofada e úmida... recolhi tudo e joguei fora... fui até a cidade e comprei tudo novo por conta da empresa e disse para descontar do preço da hospedagem do hotel, e avisei a dona do hotel que senão aceitasse a gente se mudava para  o outro hotel .. hoje mesmo!!!


- Não... o senhor tem razão... tava na hora de se trocar... realmente a roupa de cama, os colchões e os travesseiros já tem mais de dois anos!!!!


- Tai... chefia... vamos botar ordem nesse poleiro dos galos e das galinhas... pois o JY me deu ordem de ter carta branca para botar ordem e fazer com que esses f.de uma boa mãe... para não dizer outra coisa... nos atendam!!!


- Bem que eu disse que tu viria para botar ordem aqui em tudo!!!!


Foi assim logo de entrada de fazer com que tudo melhorasse, afinal teria que passar as minhas férias trabalhando e ainda ter que morar mal não estava com nada, e com carta branca da diretoria da sede em São Paulo, foi tiro e queda da dona do hotel que as únicas estrelas que tinha era as do céu... pois era uma espelunca... para não dizer outra coisa!!!


Mas era a única opção melhorzinha na região... pois as outras eram piores e mal localizadas e assim o negócio foi re-organizar tudo dos pés a cabeça!!!!


Acredito que em menos de uma semana eu era mais conhecido do que doença sem cura nos bordeis da zona do meretricio do Paraguai, pois disseram até que era irmão do dono da empresa, que em parte a gente se parece um pouco!!!


Tomei a liberdade de mandar buscar os meus comandados em suas casas, um deles até de Goiás em Senador Canedo, que era o Clotário um dos meus colegas de trabalho na área de Topografia, mas o mesmo me atendia em tudo em outras modalidade de inspeção... pois tudo ele queria aprender...


Mas não me esqueço que no primeiro dia que o mesmo chegou já estava mexendo no computador do Gerente e Engenheiro Luiz Mello e trocou até a senha do mesmo colocando o nome dele como usuário do computador, e quando o Gerente foi ligar o computador e tentar entrar no mesmo vi... só ele gritar da sala dele:-


- Quem... ésse f. da.......... de tal de Clotário que trocou a senha do meu computador???


- Calma chefia... eu nem vi... esse f. da................ mexer no seu computador!!!!


Assim quando chamei o mesmo na obra a serviço da topografia... e como todos os dados estavam no computador da chefia... e o RH tinha autorizado ele pegar os dados para poder trabalhar na obra... o mesmo além de pegar os dados... já tinha aberto como outro usuário e colocou a senha dele no nome dele e assim que desligou o computador ficou exatamente o nome dele e tinha ainda  o outro programa no nome do chefe... por sorte... ele havia só aberto um novo usuário, mas isso quase custou o próprio emprego dele... por não ter falado primeiro com o dono do computador!!!!


São essas mazelas de obra, que temos que pensar duas vezes para não mandar embora os bem intencionados que nem sempre tem a noção da hierarquia que para eles equipamento de obra é para atender a todos e não ser pertencente a uma só pessoa, o que não deixa de ter razão afinal nem todos tem computador que necessitam para o seu trabalho!!!


Foram exatamente mais 8 meses de trabalho, mas conseguimos terminar a obra com os cumprimentos do cliente que ficou muito satisfeito com nosso trabalho e as correções que pude fazer no piso do tanque e no teto pois o pessoal não sabia nem o que era passo peregrino nas soldas a serem executadas, que é uma solda de passo a ré para evitar contrações demasiadas que prejudicam o boa apresentação da planicidade da solda dando deformações excessivas quando se usa o passo normal de soldagem sequencial...


E acreditem que jamais aprendi tais técnicas apenas nos livros, mas com o peão de solda, pois aprendi até soldar com eles, pois a engenharia de soldagem informa as técnicas mas os macetes de como se fazer é a mão do soldador com a sua pratica que aprende com seu trabalho!!!


Assim voltei depois desse meu trabalho até a sede para avisar o diretor que tudo estava a contento e o Luiz Mello já estava em outra obra em Goiânia, e nem me deu nenhuma folga e disse para que eu seguisse o caminho de Goiás, mas estava me liberando pois o Luiz Mello estava já na outra empresa e precisava dos meus serviços, e o JY nunca foi egoísta, me liberou imediatamente para ir prestar serviços na outra empresa sendo contratado para substituir outro engenheiro que não pensava em trabalhar e arranjou uma amante por lá... e dai deu a maior confusão com o meu amigo Luiz Mello que não pensou duas vezes... e ligou para o meu diretor que iria roubar seu Inspetor de Solda qualificado e Gerente da Qualidade, pois precisava dos meus serviços em Goiás!!!!


E adivinhem quem já estava por lá em Goiás, e por morar em Senador Canedo, foi chegar por lá e o Clotário o meu funcionário da topografia já estava no trabalho e foi ele que sugeriu a substituição do chefe dando o meu nome... como sugestão ao Gerente Luiz Mello, que na hora ligou para o meu diretor e fechou a minha liberação!!!


Essa é a nossa vida de trecho em que não somos conhecidos como currículo, mas pela amizade e pela maneira que trabalhamos e participamos das empreitadas, e não medimos esforços se estamos ou não de férias, pois nosso dia a dia... é sempre em prol de que a empresa sempre tenha emprego para todos nós!!!


O que mais lamento é que em 2011 nosso amigo Luiz Mello em uma obra em São Mateus bem na hora do almoço indo com amigos teve um infarto fulminante e nos deixou orfãos de um excelente chefe e amigo e verdadeiro parceiro das obras que jamais esqueço que fizemos dentro dos prazos preestabelecidos de comum acordo com o cliente e nossos patrões que muitas vezes prometiam o impossível e nós fazíamos o possível e o impossível para cumprir a palavra dos nossos donos da empresa!!!


E pensar que ele numa entrevista que foi em uma outra obra em outra cidade, pela manhã e na volta teve um acidente que o carro de outro nosso parceiro que emprestou para ele poder ir a entrevista, teve perda total pois um caminhão passou por cima do carro deixando somente a metade de onde ele estava sentado e assim só fraturando algumas costelas!!!


Mas quando chega a nossa hora de partir, Deus não permite atraso, o que é uma pena, pois dos meus amigos de trecho foram alguns tão cedo como ele com apenas 54 anos bem vividos nesse trecho com trabalhos maravilhosos, e recentemente em 2014 foi o nosso patrão JY que foi depois de voltar de uma visita ao Japão para buscar novos compromissos junto a Toshiba, que não pode finalizar pois partiu antes das promessas de acordo serem cumpridas para sua nova empresa!!!


Não me esqueço que num dia 11 de janeiro liguei para o meu amigo e parceiro Paulo "rolha de poço" que era o apelido dele devido ser muito gordo, mas era um excelente cozinheiro e que nas festas nossas ou churrascada quem fazia os pratos mais saborosos ou nos ajudava na cozinha era o Paulo e as nossas festas eram maravilhosas e nos fins de semana, que em Canoinhas morávamos em cima de uma casa funerária e embaixo os parentes choravam pelos mortos enquanto em cima estávamos todos comemorando o aniversario de alguém com uma churrascada e muita cerveja até altas horas da noite!!!


Nesse momento em que liguei a sua filha atendeu e me disse estar levando ele para o hospital, e com certeza foi uma despedida dele a mim... para que eu ligasse e soubesse que ele estava sendo chamado pelos nossos amigos que já se foram antes, tal qual aquela piada de dois jogadores que combinam quem chegar no céu vem avisar se lá existe futebol... e.... quando o primeiro deles morreu veio puxar as pernas do outro que estava dormindo:-


-  Acorda... cara... acorda...


- Você aqui.. você não morreu???


- Pois é morri... mas não combinamos que quem morresse primeiro vinha avisar se tem campos de futebol e jogos lá no céu???


- Ah... sim combinamos... e tem campo de futebol no ceu????


- Bem tem uma boa noticia e uma ruim... qual tu queres???


- A boa é claro....


- Pois é amigo... tem mil campos igual o Maracanã!!! e tem jogos em todos eles... e tem torcida da boa...


- E a má noticia... qual é???


- Você está escalado para o nosso jogo na semana que vem!!!!


Sorriam afinal não foi contigo que tudo isso esta acontecendo... e nem és jogador de futebol... mas somos eternamente gratos por tais amigos que com quem vivemos nossos melhores trabalhos e onde pudemos aprender muito e também ensinar outros que pouco sabiam mas tinham interesse de aprender sempre!!!

Ivan Tadeu dos pobres
Enviado por Ivan Tadeu dos pobres em 12/05/2018
Código do texto: T6334351
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Tadeu dos pobres
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 73 anos
2464 textos (29368 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/18 11:12)
Ivan Tadeu dos pobres