Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filho do ventre meu

                                  Filho do ventre meu

Os filhos e filhas,  herdam dos pais, o jeito, as expresssões, podendo muitas vezes dividi um tempo parecido com um,  e um tempo parecido com o outro. Vivem momentos ao lado dos pais,  e  nesta companhia aprendem as tarefas da vida, a graça de viver.
São meninos, mas se aprecem com a mãe, são meninas, mas se aprecem com o pai, incrível como a mãe natureza se responsabiliza com cada traço definido com carinho.
Assim, nasceu meu primogênito, um belo menino, herdou do pai  o espírito aventureiro, se habitasse na mata, diria que seria um caçador, não pára, sua busca é constante, pisa em território muitas vezes intrigante.
Ama a Chapada Diamantina, local recheado de aventuras, seu habitar preferido. A natureza, a água dos rios, das cachoeiras.
 Bom seria, se pudesse conviver com o pai, um período longo, aprender habilidades da prosperidade, sem culpar este pai, por ter negligenciado suas necessidades básicas durante a infância e a adolescência.
Vive comigo, gostaria que tivesse aprendido,  a força da minha luta por um trabalho fixo, que sua delicadeza, pudesse estampar meu semblante, ser menos irritado. No entanto, é bem contraditório, pois em um momento ele se apresenta terno, amável e benevolente e em outro instante ele prefere a solidão e assume uma posição intolerável de viver. Não tem a paciência e sabedoria para lutar e alcançar objetivos, cultua a beleza física, que encanta e arranca suspiros.
Submetido a convivências diferentes, se sente no mundo, filho de muitos pais e muitas mães. Aprende com cada um,  um pouco do que são, seus professores de música, suas professoras na escola e universidade, vizinhas, parentes, enfim.
O que me preocupa é sua indecisão. Muito indeciso, nunca sabe o que realmente quer e até mesmo suas emoções e formas de agir são um pouco indefinidas. Poderia ser o tempo todo carismático, elegante,  objetivo e seguro .No entanto, percebo nele,  soberba e arrogância, aquele que prende pela beleza mas ao mesmo tempo intimida, gosta de mandar sem modéstia. Por ser  naturalmente belo, ele sustenta tudo com a confiança em sua aparência. Espero que se torne consciente de seus defeitos e de seus pontos fortes, que   se torne extremamente agradável , pois  achei que tive um filho para o sucesso.
 
 

 
.
.
.
Leah Ribeiro Pinheiro
Enviado por Leah Ribeiro Pinheiro em 27/07/2018
Código do texto: T6401468
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leah Ribeiro Pinheiro
Feira de Santana - Bahia - Brasil
732 textos (24513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/18 22:01)
Leah Ribeiro Pinheiro