Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou DDA e DDAi? Episódio 19 - Analogia

Meu DDA - Distúrbio de Déficit de Atenção é uma coisa bem diferente do meu DDC - “Distúrbio de Déficit de Caráter” ( “DDC” eu que inventei para esse episódio)

Foi uma analogia que aprendia enquanto participava do grupo de 12 passos. Passei a ler sobre a doença do alcoolismo.

Uma vez que o histórico da minha família apontava para alguns casos “fatais”. Meu avô materno foi para o além. Se me lembro bem, quando eu tinha 10 anos, ainda sinto saudades dele.

Bisavô materno, diz a lenda familiar, também tinha problemas com alcoolismo. Minha bisavó sofreu!

Se entendi bem no caminhar dos 12 passos fui entendendo que ao deixar a compulsão por algo que estava fora de controle, sobrava a “falta de caráter” , “os maus hábitos”. Que precisavam ser domados.Transformados!

Nas partilhas e palestras ficava aplicando para o meu caso de DDA-TDAH.

Via e percebia que pessoas como eu. Enquanto sob o efeito do “desejo” de buscar alívio emocional.

Caiam na tentação de manchar o próprio caráter como: “ludibriar”(enganar): pais, esposa, filhos ou responsáveis.

O “caráter vai se deformando” entra em ação a: “manipulação” “mentiras” “furtos” “acusações” “transferência de culpa” “vitimização” “enganação” “acusações” “violência” “abuso de autoridade” e por aí vai...

Como DDA/TDAH fui aos pouquinhos descobrindo que livrar-se ou amenizar as consequências ...no meu caso “transtornos” era uma coisa, outra coisa era concertar o “caráter” “os maus hábitos”.

Tanto que os Alcoólicos Anônimos conhecidos como “A.A.”, editaram um livro “Viver Sóbrio” com 30 sugestões para uma vida saudável.

Foi quando me perguntei:
_O que tenho de DDC-“Distúrbio de Déficit de Caráter?...estou “jogando na conta” do meu DDA/TDAH?

Para fugir da culpa e constante constrangimento pelas transtornos causados.
Fui aprendendo a me conhecer e dar nomes aos bois, vacas e para cada ovelha que pulava a cerquinha no meu sono.

Venho eu mentindo?
Venho eu me vitimizando?
Venho eu manipulando?
Venho eu me desculpando falsamente?

Por conta de dar desculpas de meus esquecimentos. Minha impulsividade. Meus devaneios. Minhas burradas. Minha procrastinação.

“Cada um é responsável pela sua recuperação”
Ricardo Olah
Enviado por Ricardo Olah em 28/07/2018
Código do texto: T6402439
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ricardo Olah). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Olah
Osasco - São Paulo - Brasil, 54 anos
44 textos (420 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/18 16:43)
Ricardo Olah