Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM MEMORIAS DA VIDA

EM MEMORIAS DA VIDA



Hoje é segunda feira12 de agosto de 2019 em uma bela manhã de 05h38min horas em que o mundo parece calado sobre uma vida que se estabelece entre vários propósitos que são como provas que devemos cumprir sobre uma verdadeira historia que se alarga sobre todos os propósitos de viver que aqui vejo como um ditado de palavras dando espaços sobre um mundo certamente criado e obstinado por uma fantasia que se criou sobre certas circunstancia da vida que tentamos descreve-la sobre verdadeiros dilemas em que somos frutos do prazer e conquistadores de uma época que tudo se baseia como um jogo de emoções e destinos traçados em que se consomem atos e existências sobre todas as distrações da vida.
Eu estava pensando sobre certas coisas que são inevitavelmente obstinadas pelas nossas euforias que emocionalmente sempre buscamos entre os dias e as noites prazeres sobre uma euforia que possa ser mais caracterizada por motivos de aventuras que nos faz buscarmos entre o mundo que é vasto e profundo varias formas e processos de ações em relações as nossas vontades que tentamos encontra em certos lugares e pessoas uma explicação para se conhecermos melhores porque temos em tudo que existe dinâmica e uma contradição de enxergarmos a vida de uma maneira mais bem leal e que o mundo não possa ser parecido com as nossas fantasias criadas como procuramos ate chegar o fim do tune em que sempre virmos às pessoas em nossas convicções favoráveis e fantásticas que estamos apreciando cada momento de nossas vidas e tudo não é sempre igual porque se passa de uma grande ilusão porque a vida possa ser dramática demais sobre certas ocasiões em que as pessoas não estão sobre a mesma igualdade de viver e busca entre a vida melhore rendimentos em que são quase todos traumatizados pelas circunstancias da vida que não quer se identificar com nossas ações que passamos despercebidos porque a logica seria a igualdade sobre todas as coisas e se diz que o mundo não é perfeito e nem todas as mentes são iguais porque estamos procurando algo superlativo as nossas vontades que procuramos no dia e na noite quando estamos dispostos a conhecer e conquistar certas pessoas e certos lugares que simplesmente se passam de apenas ilusões que estamos vivenciando tudo isto e guardando como provas que nem tudo é igual como nós queremos e que seja menos dramático porque ficamos de sentimentos baixos e que não possamos dominar o ambiente ou vida desfavorável as nossas melhores intenções que replicamos com um simples gesto descontraído que possamos dizer que as coisas não são mesmas certas quando não se haja certamente amizade porque estamos tentando conquistar uma vida diferente em que não seja tão abstrata e incomum as nossas vontades que saímos de casa com mentes superlativas e pouca negativadas em uma sociedade que talvez não esteja ou seja certa a hora ou lugar para estabelecermos nossas vontades que por um fluxo negativo socializado a sociedade possa ter desviado nossas coragens, amor, amizade e relação que poderia como se diz claramente ser mais logico, eufórico as nossas intenções que acaba sendo alvo dispensável e ficando a ser contrariado emocionalmente com a sociedade ou pessoas sem humor, brilho, capacidade que não possa transmitir astral sobre nossas emoções contraias as amarguras da vida que não são honestas a nossas razões e intenções para podermos dizer que não fomos suficiente visualizados por alguém ou pela sociedade que nunca deixara de ser caótica a personalidade de alguém que enxerga melhor o mundo e que fique isto talvez por relação e estado emocional que não possa diferenciar o equilíbrio emocional de alguém que esteja procurando aproveitar a vida e que fique bem longe qualquer paranoia que venha de alguém que talvez não esteja bem humorado porque existem dois modo de agirmos ficando com a responsabilidade do pensamento e o reconhecimento do sentimento que talvez possamos sobreviver sobre uma sociedade que não seja tão alternativa as nossas vontades e que nossas distrações possam encontrar uma resposta sinceramente justa as nossas meras capacidades que o mundo não possa estar conjunto porque o mundo não é fantástico porque nós é que fantasiamos nossas ideias em uma sociedade que não seja ou esteja alternativa e que fique sobre um contexto de que existem varias formas de se viver porque talvez poderemos entardecer as nossas melhores conquistas e amizades porque ninguém é perfeito e nós e que deveremos mudarmos a si mesmo para encontramos talvez alguém que possa- nos favorecer e compreender emocionalmente ficando a vida mais distante dessa retorica que simplificamos sobre a sociedade como um conjunto de ideias insignificantes quanto nós somos benevolentes as pessoas que não possam ter estima por talvez não ter uma genética mais generalizada ao composto químico estabilizado de certas substancias causadoras do amadurecimento mental em que se debilitam por uma avitaminose que passam descomposta a personalidade de alguém que simplesmente não esteja psicologicamente preparado para estabelecer uma atividade sem tanto preconceito que é imposto sobre a sociedade que também retornara para as pessoas como uma função negativa e intuitiva que levaram milhares de gentes ao calabouço que talvez possamos dizer que o mundo não é perfeito e que as pessoas não vivem e sim estão sempre passando por um estado de nostalgia que não devemos culpa-las e simplesmente ajuda-las porque existe em cada um de nós uma metamorfose tanto construtiva quanto destrutiva porque nada nesse mundo é perfeito e poderemos sempre variamos como as estações do ano como estarmos na primavera dos acontecimentos ou quanto estarmos no inverno dos aperfeiçoamentos ficando a vida uma dispersão de fatos entre ideias ocorridas pelas ocasiões subpostas da vida em que o homem é produto da guerra e da paz ficando estabelecida cada emoção controvertida a mente humana que pensamos e sentimos como aprendemos e esquecemos a fazer certas coisas que talvez possam nos dizer o quanto somos racionais e irracionais com as nossas vidas que no fim se frustrara como uma drástica overdose a nos dissimula contra quatro paredes em que a segurança seja a arma do ser humano e a insegurança seja a incapacidade dos tolos que simplesmente não apreenderam a enxergar a vida mais clara e se deixa de lado a escola incapaz da sociedade que esta a escurecer a mente da juventude que necessariamente precisa se educar sobre um contexto de viver e ser feliz para como sempre se socializar mais na logica realística da coragem que se faz democracia entre religiões e politicas em quanto outros estão se manchando de preto os muros da sociedade para dar portas a corrupção no país que necessita de poder contra generosidade dos certos que nunca são incertos sobre a vida momentânea que sempre se vira sobre uma contradição e obstáculo de oprimir o cidadão sobre seus fundamentos enquanto a marginalidade toma conta do mundo se travando sobre a sega sociedade que não ver sua própria escravidão cavada por um sentimento seguidor e vasto sobre a falta de educação que faz o homem compreender onde estão seus compromissos que são hoje mais vendidos e adquiridos e são produto do próprio homem que pranta o que colhe sobre uma margem de estimados e benevolentes pessoas que quer enxergar a vida mais clara em que acreditam que precisam de ajuda e ajudar a alguém enquanto a sociedade não ver isto como uma escola e se esconde sobre suas próprias amarguras que se passam de armaduras insolentes que são sempre acastiçadas e vivenciadas a cada estante pelo desfavor de outrem que talvez possa também usufruir da boa vontade de alguém que quer ver o mundo prosperar sem argumentação e destruição que talvez possa se calar a verdadeira escravatura no mundo que solidamente esta esvaziando os preconceitos e normas humanitárias enquanto muitos estão no poder dando brechas aos preconceitos raciais que estão todos os dias e todas as horas deturpando o caráter e a moral de quaisquer cidadão de cor preta ou homossexual que simplesmente ver avida como talvez uma fantasia de se vestir sobre um desejo feminino a idolatrar a beleza da mulher com perseverança e fragilidade pessoal que possa ter vindo de seus pais ou de um problema emocional sobrecarregado a um desequilíbrio mental por fantasias sociais, amizades sensuais predominante a juventude socialista que ver a vida mais sofisticada a idealizações da beleza e sempre jovem que trava a vida como uma roleta russa pela própria atitude se casando com sua imaginação que é sua justificação para determinados fins e relacionamentos pessoais que estão se debatendo e sempre debatendo com o tempo sobre determinadas formulas de vencer na vida como objetivo próprio em sempre se informar com a sociedade e seguir seus passos como um dever que plenamente não lhe valera a felicidade porque apenas se aproveitaram algumas formulas de viver e passar o tempo com certas ideias e fantasias que sempre são favoráveis como um turnê em que sempre conquistaram e são vencedor como se diz que a logica das coisas vem quando se há coragem, entusiasmo sobre a vida porque a vida é uma manifestação de ideias e fatos ocorridos no dia a dia que chamamos de nostalgia elétrica em que possamos viver feliz e aperfeiçoarmos entre todas as existências e relações contraditórias que não estão formalizados com a vida que é simplesmente uma oposição, caráter, estado ou condição do que se opõe, do que é oposto a relação humana que simplesmente chamamos de valorização a vida. Eu estava pensando sobre certas coisas que são inevitavelmente obstinadas pelas nossas euforias que emocionalmente sempre buscamos entre os dias e as noites prazeres sobre uma euforia que possa ser mais caracterizada por motivos de aventuras que nos faz buscarmos entre o mundo que é vasto e profundo varias formas e processos de ações em relações as nossas vontades que tentamos encontra em certos lugares e pessoas uma explicação para se conhecermos melhores porque temos em tudo que existe dinâmica e uma contradição de enxergarmos a vida de uma maneira mais bem leal e que o mundo não possa ser parecido com as nossas fantasias criadas como procuramos ate chegar o fim do tune em que sempre virmos as pessoas em nossas convicção favoráveis e fantásticas que estamos apreciando cada momento de nossa vidas e tudo não é sempre igual porque se passa de grande ilusão porque a vida possa ser dramática demais sobre certas ocasiões em que as pessoas não estão sobre a mesma igualdade de viver e buscar entre a vida melhores rendimentos em que são quase todos traumatizados pelas circunstancias da vida que não quer se identificar com nossas ações que passamos despercebidos porque a logica seria a igualdade sobre todas as coisas e se diz que o mundo não é perfeito e nem todas mentes são iguais porque estamos procurando algo superlativo as nossas vontades que procuramos no dia e na noite quando estamos dispostos a conhecer e conquistar certas pessoas e certos lugares que simplesmente se passam de apenas ilusões que estamos vivenciando tudo isto e guardando como provas que nem tudo é igual como nós queremos e que seja menos dramático porque ficamos de sentimentos baixos e que não possamos dominar o ambiente ou vida desfavorável as nossas melhores intenções que replicamos com um simples gesto descontraídos que possamos dizer que as coisas não são mesmos certas quando não se haja certamente amizade porque estamos tentando conquistar uma vida diferente em que não seja tão abstrata e incomum as nossas vontades que saímos de casa com mentes superlativas e pouca negativadas em uma sociedade que talvez não esteja ou seja certa a hora ou lugar para estabelecermos nossas vontades que por um fluxo negativo socializado a sociedade possa ter desviado nossas coragens, amor, amizade e relação que poderia como se diz claramente ser mais logico, eufórico as nossas intenções que acaba sendo alvo dispensável e ficando a ser contrariado emocionalmente com a sociedade ou pessoas sem humor, brilho, capacidade que não possa transmitir astral sobre nossas emoções contraias as amarguras da vida que não são honestas a nossas razões e intenções para podermos dizer que não fomos suficiente visualizados por alguém ou pela sociedade que nunca deixara de ser sublime e caótica a personalidade de alguém que enxerga melhor o mundo e que fique isto talvez por relação e estado emocional que não possa diferenciar o equilíbrio emocional de alguém que esteja procurando aproveitar a vida e que fique bem longe qualquer paranoia que venha de alguém que talvez não esteja bem humorado porque existem dois modo de agirmos ficando com a responsabilidade do pensamento e o reconhecimento do sentimento que talvez possamos sobreviver sobre uma sociedade que não seja tão alternativa as nossas vontades e que nossas distrações possam encontrar uma resposta sinceramente justa as nossas meras capacidades que o mundo não possa estar conjunto porque o mundo não é fantástico porque nós é que fantasiamos nossas ideias em uma sociedade que não seja ou esteja alternativa e que fique sobre um contexto de que existem varias formas de se viver porque talvez poderemos entardecer as nossas melhores conquistas e amizades.

Por: Roberto Barros
         
ROBERTO BARROS XXI
Enviado por ROBERTO BARROS XXI em 12/08/2019
Código do texto: T6718234
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ROBERTO BARROS XXI
Olinda - Pernambuco - Brasil
542 textos (28733 leituras)
83 áudios (1891 audições)
36 e-livros (575 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 09:21)
ROBERTO BARROS XXI