Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A via da "perdição"


"Agora que ela se mudou,entra em depressão,não têm mais a turminha dos complôs,por perto,e filho da mãe,possue só esse tipo de ato como lembrança carinhosa,desde a infância,a diversão era debochar dos outros,e pregar peças,típico de personalidades vazias.O hilário,era,o fato deles esperar ter amigos reais por perto,tendo eles,tal tipo de prática,quando devía algum dinheiro,era fujona,se escondia,ou tentava contornar,com um tapinha nas pernas de vendedores,acostumou-se,na juventude,que os homens diversos,lhe davam de tudo sem cobrar,devido à ela,trabalhar saciando as fantasias baixas deles,um exemplo do que ocorría,como efeito disso,não havía um assunto conversado com ela,qual fazia sentido,ou era edificante.Era natural à mesma,fazer escândalos públicos,na falta de argumento."
Mario Brasiguayo e o Livro de Platina
Enviado por Mario Brasiguayo e o Livro de Platina em 24/06/2020
Reeditado em 24/06/2020
Código do texto: T6986517
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Mario Brasiguayo e o Livro de Platina
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
278 textos (3463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 17:45)
Mario Brasiguayo e o Livro de Platina