Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um intervalo...

Escrevo as coisas que estão em mim. Quanto ao trabalho da escrita, deixo que meu coração fique à vontade, que fale o que quiser e se expresse com a sensibilidade do momento, não o censuro nem o imponho regras. Até porque, nesses momentos, flui a vida na mais total liberdade. E se não encontro a métrica da poesia correta, peço que não se preocupe, não me preocupo, não por agora, não por enquanto. Tudo tem seu tempo e hora. E sei que será uma trajetória-aprendizado-conquista natural. Simples assim... Se toco com meus escritos outros corações, minha percepção me diz que estou no caminho certo, já que estamos sempre buscando o encontro deles mesmo; o acaso nunca é um acidente. Meu nome é Jaqueline Serávia, 42 anos, carioca, mulher, dona de casa, esposa, mãe, profissional e poeta.


*Ops... Quando escrevi esse texto eu tinha 39 anos. Como o tempo voa. E como isso soou clichê. Risos...
Jaqueline Serávia
Enviado por Jaqueline Serávia em 21/10/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T703487

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaqueline Serávia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
233 textos (6466 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:41)
Jaqueline Serávia