Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rememorando o Padre Libério



Para muita gente, e em número sempre crescente, Padre Libério já era Santo em vida, e a conclusão de seu processo canônico, que o eleva à dignidade dos altares são favas mais que contadas...A menos que, Lula ou Jair o atropelem na reta final, pois entre Mito e Proscrito nunca vale o escrito...E aí, nesse caso, o virtuoso Padre Libério teria esperar mais um tempo para
chegar lá.

Isso tudo formalmente. Pois nem de milagre comprovado o sempre humílimo Libério precisaria. Já os fez em vida, numa abundância que
os que o conheceram ou nele creram, têm sempre algo a relatar. Com convicção e prova. O mais notório caso, que não chega a ser milagre, mas que atesta para o poder de Libério ainda em vida, é o de pendurar seu chapéu à parede  sem que houvesse um gancho ou um preguinho que fosse para o sustentar. E relatos frequentes são também aqueles de curas de enfermidades nos graus mais diversos e perversos, recuperação de acidentes graves e de afastamento de pragas, sobretudo de gafanhotos e de formigas...

Vi Libério uma única vez na vida, embora frequentássemos . Foi provavelmente em 1957, no povoado operário do Brumado de Pitangui, onde vivia com meus pais e irmãos. Era uma tarde ensolarada e Libério, em passagem por nossa ruela andava cercado de circunstantes, adultos e crianças. E sem guarda-costas.

Temeroso de suas fulgurância e figurância, mantive-me à distância, e por breve tempo. Corri pra dentro de casa e não sei se falei da visão que tivera. Acho que faltou a fala...À época Libério andava por seus sessenta e tantos anos, dez vezes mais do que eu.

E onde está inumado, município Leandro Ferreira, a três léguas de Pitangui, seu túmulo é visitado por romeiros de toda a região, e de bem além. Originalmente os despojos do venturoso Libério ficavam numa capelinha a apenas uns cem metros da matriz, repousando ao lado dos de uma sua irmã. E a capela vivia lotada, porquanto vazia, a bela e moderna matriz. O processo canônico, ao exumar os restos mortais de Libério - que, ao que se comenta, era pouquíssima substância - fê-los transportar para deposição na entrada da matriz numa urna de mármore. A solene inscrição que comporta a referida urna não traz menção à irmã de Libério, hoje Servo, e seguramente amanhã Beato, para em seguida, se percalço maior não houver, ou vier, ou já ir, Santo Libério.

Mamãe que nutre uma fé robusta e persistente na eliminação dos cupins do quintal, sem o uso da cloroquina, só com subprodutos naturais, composição em que entra o pó de café, hoje ainda comentou sobre os pernilongos que fincaram profundas e irremovíveis raízes em Pitangui desde os anos cinquenta, comentou ainda há pouco, en passant, que quando a praga se instalou nesta cidade, em decorrência de um polêmico capeamento do córrego Baiacu, o condutor de nossos rejeitos orgânicos, líquidos e pastosos, foi feito um veemente pedido ao Padre Libério que com suas poderosas bênçãos nos livrasse do flagelo dos mosquitos e sua resposta, seguramente de divina inspiração foi:
 
 - Se livrar vocês dessa peste, vêm coisa pior, marimbondos...
Paulo Miranda
Enviado por Paulo Miranda em 09/09/2020
Código do texto: T7059189
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Paulo Miranda
Pitangui - Minas Gerais - Brasil
32657 textos (604987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 19:02)
Paulo Miranda