Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANDO SÓ

                 Ando só
                          por que só eu sei pra onde ir,e por onde andei.
                 Não sei por que ando só,não me pergunte o que eu não sei. Pergunte ao solo desça desça siga ao automovel ou aos traços que eu deixei, mais uma vez eu te digo não me pergunte o que não sei.
                 As vezes me perguntam por que sou assim, mais acho que posso responder não é uma doença mais tudo isso é relativo isso se chama uma condição. Uma condição em que as próprias pessoas me contamina.
                Por exemplo as atitudes sei que não devo der assim mais as circunstancias a permite, sei que peco as vezes por não cumprir com certos compromissos mais fico magoado no íntimo só eu sei o que é sentir isso. Por isso pergunte ao ar o pó por onde andei há uns rastos no mapa em que eu deixei.
               Me sinto realmente muito queto as vezes e talvez alguns achem que não me preocupo com isso, por tanto peço que ajude-me e quem sabe também posso ter energias pra ajudar outros.
              Por isso ando só, por que só eu sei andar mesmo sem saber até quando andarei só.
Jorge Braga
Enviado por Jorge Braga em 06/11/2007
Código do texto: T726126

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Braga
Salvador - Bahia - Brasil, 34 anos
39 textos (9664 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 14:05)
Jorge Braga