SER POETA

Ser poeta

Postado diante do grande mar

Um poeta imagina um barquinho de papel

Como pode ter um mar com grandes ondas

Navegando em seu bravo leito

Uma navegação tão frágil assim...

Como pode esse grande mar

De repente se transformar em uma montanha...

Como pode o tempo fechar

E em seguida um lindo sol brilhar...

Como pode cair a chuva e essa chuva não me molhar...

Ser poeta é ser assim, ele cria e recria :

E como magia desfaz e refaz

Um mundo de fantasia...

Ser poeta é ser assim, ele vive o imaginário

Seus pensamentos não tem destino:

Ele pode ser um menino, ou um velho sonhador...

A como é bom ser poeta

De olhos fechados não temos metas

Pisamos espinhos, sem nos ferir

Voamos sem asas, sem medo de cair...

O poeta faz versos inversos e certos

Tanto faz, para ele tudo da certo

Pois até o incerto ele sabe rimar

A como é bom ser poeta

Poder falar o que sente

Por para fora aquilo que muita gente

Não conseguem expressar

Ver poesia nos pingos de chuva

Nas noites escuras sem estrelas e sem luar..

Gosto de ser poeta

Porque tiro da dor, alegria

Vejo em tudo a magia

Que só um poeta pode ver

Gosto de ser poeta

Porque não tenho medo de dizer que amo

Porque quando cinto falta em chamo

E porque adoro beijar

Beijar a vida, abraçar o dia

Repousar em meu peito a noite

Me aconchegar com a madrugada

E com as manhas despertar

Ser poeta, é ser assim

E editar seu silencio

Prescrever seus momentos

E dar rima as suas dores

É por flores em sua estrada

É construir com sua amada

Um lindo ninho de amor.

Minha pequena homenagem ao dia do poeta

Ao nosso dia .

Igor Rodrigues Santos

Poeta Igor Rodrigues Santos
Enviado por Poeta Igor Rodrigues Santos em 23/11/2021
Código do texto: T7391996
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.