Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada satisfaz

Nada satisfaz. Será que é pra nunca mais?

Cura essa tua ferida superficial, meu bem, pois vais precisar dessa tua pele pra sentir ainda tanta coisa.
Às vezes é o que não dói que mais machuca.
Será que já passou? Ou sou eu que vivo passando pelos mesmos lugares?

Nada satisfaz. Nem o que se faz nem o que se fez. E agora o que se desfez também não importa. Não tem mais porta aberta nem janela. Tem uma parede cinza que eu sonho em pintar de amarelo.

Pelo menos ainda resta um cigarro... E eu que não fumo acendi um incenso e fiquei com fome. Não existia comida que eu quisesse e isso tudo porque também não existia mais o que já foi tão bonito e alegre. E por esse motivo eu também não existia mais. Porque nada satisfaz essa saudade de mim, que fiquei tão pra trás.

05/04/12

Bianca Grassi
Enviado por Bianca Grassi em 05/04/2012
Código do texto: T3596825


Comentários

Sobre a autora
Bianca Grassi
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
161 textos (10301 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 09:49)
Bianca Grassi