Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Amada

Limoeiro do Norte, 26 de fevereiro de 2007.

Minha Amada

Primaveras de paixão em minha alma fizeras sugir como o clarear da lua,
Tão lindo que direciona-se para dois apaixonados:
Eu e Você!
Como pensar que a distância poderá nos separar feito a Lua e o Mar que se amam,
Na eternidade de seus dias e noites,
Será que a força da natureza que não os permite se tocar...
Talvez seja à vontade de aceitar as coisas  como são e devem acontecer.

Meu coração te pertence a sim como a candura de minhas fantasias por ti,
Te amo tanto que logo imagino você pertinho de mim,
Carrego saudades quando não a vejo... espero um único dia para vê-la:
Meu olhar por ti esvaece para meu ser amante,
São flores que ofertei para ter um lindo riso seu na imortalidade de meus  versos,
Não esqueça de quem te ama! Assim como a Lua e o Mar distante,
Mas, ao mesmo tempo tão juntos em desejo e paixão.

Às vezes existem forças maiores que nos aproximam que nos trazem felicidade,
O mar e a Lua são pacientes esperam por uma única noite para se encontrar,
Espero que nossos corações sejam um só...
Para que quando sentires saudade de mim lembres que sinto de você também,
Quero contigo viajar num paraíso de emoções em busca da felicidade eterna,
Porque na mansidão de teu meigo olhar quero permanecer como um poeta a recitar:
Te amo... Te amo... Te amo... Te amo... Te amo...!!!!!!

De seu apaixonado poeta,

Jeimes Jonathan Raulino
Jeimes Paiva
Enviado por Jeimes Paiva em 26/02/2007
Reeditado em 05/03/2008
Código do texto: T394096

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jeimes Paiva
Morada Nova - Ceará - Brasil, 34 anos
80 textos (326575 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 12:03)
Jeimes Paiva