Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Velho Pote Rachado

Havia, na Índia, um carregador de água que levava dois potes grandes, cada um deles pendurados em uma ponta de vara que ele levava apoiado nos ombros. Um os potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água ao fim da longa jornada, entre o poço e a casa do senhor para quem o homem trabalhava.

Toda vez o pote rachado chegava com a água ate á metade. Foi assim por dois anos: Todos os dias o carregador entregava um pote e meio de água na casa do seu senhor.

É claro que o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações. O pote rachado, porém estava envergonhado por sua imperfeição. Sentia-se miserável por realizar apenas a metade do que havia sido determinado a fazer.

Após perceber que durante dois anos não havia comprido sua função completa, o pote rachado disse para o carregador, á beira do poço:

- Estou envergonhado! Quero-lhe pedir desculpas.

- Porque? - Perguntou o homem - De que você está envergonhado?

Disse o pote:

- Nesses dois anos, fui capaz de entregar apenas metade da minha carga, pois essa rachadura faz que a água vaze por todo o caminho que leva á casa do seu senhor. Por causa da minha falha você não é recompensado inteiramente.

O Carregador ficou triste pela situação do pote e, com compaixão disse:

- Quando retorna a casa do meu senhor, quero que observe as flores crescidas ao Longo do caminho.

De fato, à medida que eles subiam a montanha, o pote rachado notou muitas e belas flores selvagem beira do caminho, o que encheu de entusiasmo. Mas, no fim da estrada, ele voltou a ficar abatido, porque mais uma vez a metade da água se perdeu, e de novo pediu desculpas ao carregado.

O carregador, então disse ao pote:

- Você notou que no caminho havia flores só do seu lado? Não percebeu que a cada dia, enquanto voltamos do poço, era você quem regava? Pois dois anos colhi flores que lá nasceram para enfeitas a casa do meu senhor.

Se você não fosse do jeito que é, ele não teria essas flores para embelezar a casa dele.
Desconhecido
Enviado por Littlekah em 09/12/2013
Código do texto: T4604439
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Littlekah
Goiânia - Goiás - Brasil, 26 anos
6 textos (1270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 09:23)
Littlekah