Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aqui estou - Amor I

Estava aqui, estava por tempo - estava aqui, estava ali, estou aqui - relembro - eu ainda estou. Na verdade, estou, sinceramente, querendo ir. Saliento, porém, que ir é - no mínimo - triste! Deixo me ir junto, um pedaço que levas de mim, ou melhor, que deixas comigo em pura - pureza - da triste sensação da incerteza. Poxa vida! Triste sensação neurótica dentro de todas as psicoses dos amores de uma paixão que se ama - e que aqui - se vai!
Isso é insuportável! Odeio você por amar você! Isso, de certo modo, é incontestável (...) Devo ir?
Ficou o mel, aos olhos, ao cheiro; na certeza de nunca ser uma certeza (palavra medíocre daquilo que, na verdade, nunca é certo). Assim, vou dizer de novo para quem não deseja entender - a saudade deixa presença naquilo que nunca é - explico - a saudade me deixou aqui como se você ainda estivesse por perto - a saudade me pegou!
Faz assim - ou melhor - pergunto aos que interessa (...)
Dentre todos os amores que na verdade se vão, ou das paixões que se fazem perder na mediocridade sistêmica da vida; fica a incoerência de perguntar - como que faz?
Daniell Brandt
Enviado por Daniell Brandt em 10/10/2017
Reeditado em 18/10/2017
Código do texto: T6138966
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniell Brandt
Santo Amaro da Imperatriz - Santa Catarina - Brasil
70 textos (3926 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 12:03)
Daniell Brandt