Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sua lembrança me assombra

Sua lembrança me assombra
Quando fecho os olhos vejo você.
Quando abros meus olhos, queria lhe ver.
Todas as noites quando volto do trabalho, queria lhe contar como foi o meu dia e perguntar como foi o seu. lembra?
Olho suas fotos. Lhe vejo on-line. Tão perto de um "oi! Como  foi o seu dia?"  E ao mesmo tempo longe.
Você diz que lhe magoei, que lhe feri de uma forma que nunca irá cicatrizar. Que eu nao lhe mereço. E que por isso diz que não me quer em sua vida. Mas me aceita como amiga? Sei que você irá ler isso escrito aqui. Eu nao sei quando, mas alguma coisa me diz que é para o seus olhos essas linhas.
Quero que fique claro uma coisa. Eu te amo, e se você é feliz ou só conseguirá ser feliz comigo fora da sua vida, respeitarei isso.
Nunca neguei a você minha atenção. Sempre quis de alguma forma compensar um erro que cometi. Erro de não ter dado a chance que esse senimento tivera em seu início.
Olho suas fotos e vejo o seu sorriso. Vejo aquela foto do seu perfil que você tirou para me mostrar o quanto linda estava se arrumando para uma noite com os amigos. Vejo o sorriso que poucos sabem a razão, mas eu sim, eu sei.
não vou dizer que você é um poço de perfeições, que és a musa das musas. Sei que és chata, controladora e ambicioso entre outras coisas que prefiro não comentar, mas isso nunca foi um problema pra mim.
Humanamente falando até que você superou minhas expectativas, eu não tinha garantias nenhuma que pudéssemos viver o que vivemos em tão pouco tempo. Eu realmente achei que seria mais um ano. Eu achei que sairiamos de lá rindo e depois contariamos pelo wathssap nossas espectstivas para aquele encontro. Como antes.
Lhe vejo on-line e pode ter certeza que doe não poder lhe falar diretamente como antes. Queria que não fosse assim, queria ter um motivo como você tem para simplismente lhe ignorar como fazes comigo.
Acontece que eu não consigo resolver esse problema. Eu vi em um documentário que quando estamos apaixonados ficamos dementes temporariamente, mas isso acontece com os apaixonados, e como a expectativa de durabilidade desse sintomas são de aproximadamente dois anos, não venha me dizer que o que sentia era paixão.  Pois se esse conceito está correto nos amamos em segredo a muito mais tempo. Bom pelo menos eu te amo faz muito tempo. E por te amar nunca quis lhe prejudicar como acabei fazendo, afinal.
Amar uma pessoa assim realmente é perigoso. Me sinto uma bomba relógio presta a explodir, mas não de raiva ou é qualquer outra coisa negativa. Mas explodir esse amor para todos os lados. Amor que guardei tanto tempo,  só para poder lhe entregar. Eu tenho escrito muitas cartas, mas nenhuma delas são de fato despedidas. Eu sei que vou lhe amar, por toda a minha vida. E essa é a pior parte. Porque eu não aguento mais esses desencontros, esses ciclos intermináveis de talvez, essa angústia da culpa do porque eu não fiz assim ou daquela forma, porque me acovardei e não lutei? Cansei de tudo isso.
Sinto meu tempo se esgotando, sinto-me morrendo mais rápido sem você, essa é  a verdade.
Quer saber porque eu agi daquele jeito? Você me perguntou o que mudou: eu mudei, parei de esperar, tomei o controle das minhas atitudes trancando o medo em um lugar fechado e escuro.
Eu tenho tanto pra lhe mostrar quem sou porque você existe na minha vida. Me desculpa, eu deixei o tempo passar. E a culpa não é nossa, é apenas minha.
Eu te amo tanto.
Rose Correia
Enviado por Rose Correia em 11/10/2017
Código do texto: T6139055
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Correia
Maceió - Alagoas - Brasil, 36 anos
126 textos (5044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 12:02)
Rose Correia