Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só mais uma carta cliché...

Saudações meu Anjo!!

Permito que o meu coração exale neste momento entre uma linha e outra desta emissiva, toda essência deste sentimento tão bom, que tem inundado de boas sensações a minh'alma desde que te conheci. Existem tantas coisas para eu dizer, que fico preso na incerteza de não estar redigindo exatamente o que precisa ser dito, ou se já de início estou sendo incoerente quanto ao que o coração dita neste momento. Difícil expressar aquilo o que não tem expressões exatas, vê-la triste, imaginar que algo que te causa desconforto, me faz querer reinventa-la, colorir teu mundo, afagar teus cabelos, tocar em teu rosto com a mesma suavidade que você toca os meus mais profundos sentimentos. Já contive muitas vezes a vontade de gritar meus sentimentos, de tomá-la em meus braços e te mostrar que meu abraço é um abrigo seguro, odeio o mundo todas as vezes que percebo que algo nele te feriu e apagou em ti aquele sorriso que tanto encanta-me enquanto brilha.
Não pense que não observo teu humor, aprendi a identificá-la de tanto admirá-la... Fico constrangido, tenso quando falas comigo, sinto minha pele tornar-se uma geleira, meus lábios tão aptos em longos discursos, simplesmente silencia quando o emprego a dizer-te algo especial. Eu te olho com olhar apaixonado, falo com a voz trêmula, e quem sabe você nem tenha se dado conta do quanto te quero fazer feliz. Estamos na arcaica jogada da vida, eu te amando, e você provavelmente amando outra pessoa... Eu percebo sua tristeza nas tuas postagens no facebook, percebo que alguém não te dá o devido valor, e foi exatamente por isso que tomei a iniciativa de enviar esta pequena carta, para que você perceba o quanto és especial. Estou aqui me derramando entre uma expressão e outra, para lhe mostrar que você na minha vida, me enriqueceria.
Meu coração deseja ser teu tesouro, assim como você é para mim. Meu sentimento é sincero, minhas pretensões; as mais nobres. Perdoe-me se ainda me prendo a esta forma arcaica de escrever carta, o que para muitos é cafona e brega. Mas se te enriquecer com puros sentimentos é ser Brega e cafona, eu quero ser um Museu, para que o mundo nos visite e recorde o que é amar verdadeiramente. Que o seu coração seja capaz de enxergar o meu, pois eu não tenho duvidas, é você que eu quero!!
Do meu ponto para você.

Por Hámilson Carf
Hámilson Carf
Enviado por Hámilson Carf em 14/04/2018
Código do texto: T6308411
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hámilson Carf
Macapá - Amapá - Brasil, 33 anos
106 textos (1650 leituras)
4 áudios (82 audições)
2 e-livros (16 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/18 16:46)
Hámilson Carf