Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo...

Sem saída, sozinho...
Ocaminho é turvo.
A vida perdeu a cor, o encanto.
O mundo a minha volta.
A minha revolta.
As pessoas que amo, sofrem choram.
Sinto um aperto no peito, daqueles
que um sujeito normal nao pode suportar.
Este mundo é uma porcaria.
Nao sei oque me falta nem sei mesmo se me falta algo...
Que venha a morte, por azar ou sorte.
Talvez seja esta a minha cura...
Ou quem sabe mais uma loucura...
Sou réu.
Provador do fél.
Sou apenas eu, sozinho apesar de nunca assim esta.
Procuro um novo caminho, um destino...
Preciso de amigos...
Mas nao daqueles que apenas nos divertimos e saimos...
Nao amigos de farra...
Quero amigos de verdade.
Daqueles que a gente sente saudades, e que sentem saudades da gente...
Que Deus ilumine o meu caminho e que eu nao me sinta mais sozinho.
Ou que venha a morte...
Quem sabe a cura.
Talvez a salvação dauqeles que sofrem.
Uma angustia um aperto no peito.
Palavras malditas pairam no ar...
E ainda mais o silencio cala meu coração...
Desejos asurdos e mórbidos.
Quimeras...
Os bosques que viraram pantanos.
Os meus companheiros:
Cigarro, isqueiro, e cinzeiro...
E a solidão de quem um dia chorou de felicidade...
E agora chora a tristeza de nao ter um ombro amigo pra chorar, pra desabafar...
A saudade de um abraço apertado, um beijo de carinho, o chamego...
Ao chao e desta vez nao por paixao...
Eu nao deveria escrever algo assim, nao é nada parecido comigo...
Mas estou prestes a entrar em depressao...
Eu nao tenho ninguem com quem eu possa me abrir por inteiro, me sinto um prisioneiro...
Nao confio mais nas pessoas...
E me esqueci como me guardar dentro de mim mesmo...
Pra onde vou?
Onde estou?
Alguem segure a minha mão, me roubaram o chao...
Nao me deixem sozinho no escuro, nao apaguem as luzes estou aqui.
Me conduz, me leva...
Nao importa pra onde, preciso ir...
Thiago Verrückt
Enviado por Thiago Verrückt em 31/08/2007
Reeditado em 16/04/2011
Código do texto: T632804
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Verrückt
Mirassol - São Paulo - Brasil, 34 anos
275 textos (15244 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 02:03)
Thiago Verrückt