Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIM, EU TE PERDÔO


Penso, falo, me acabo.
Não sou seu dono, não sou seu deus.
Acredito na incerteza que te faz acontecer.
Incerteza de amar, incerteza de aceitar o seu amor por mim.
Não abres mão do poder, onde não cabe mandar,
Sim aceitar, procurar e se declarar.
Declarar com o coração, não da boca pra fora,
Declarar que quer e não vai perder.
Dar o devido valor a mim, como a metade do que te dou.
Perguntar o que e o porquê, não aceitar o não facilmente,
Nem tentar coloca-lo onde não deve, impor, sem falar com clareza.
Não pensas se vai magoar, nem ferir.
Sua empatia te atrapalha, não a deixa ver o seu redor.
A pessoa que te ama e que te quer tão bem.
Magoas com palavras ao vento, magoas com nomes impróprios,
Magoas com atos omissos.
Sim, eu te perdôo.
Por acreditar que um dia veras e sentiras tudo que me fez sentir,
Tudo que me fez chorar.
Perdôo-te, por me perdoares do ato que cometi.
Levado por sua indelicadeza, sua descrença, sua pressão.
Armado por sua intenção de me machucar, moral e espiritualmente.
Sim te perdôo, mas com tudo, porque te amo muito...
Lii Lito
Enviado por Lii Lito em 18/09/2007
Código do texto: T658511

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (ito iito "www.sitedoautor.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lii Lito
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
211 textos (12195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 13:25)
Lii Lito