Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor

Hoje as dores estão insuportáveis. Já não durmo a quatro noites , o bom humor já foi embora a tempos e todo o meu corpo grita , meus músculos tremem como se estivessem se trançando sozinhos, é isso que sinto. Em alguns pontos tenho a impressão de estar levando facadas , em outros agulhadas. A dor é tanta que um simples toque na minha pele em qualquer lugar do meu corpo parece uma pancada.
Dói, não é frescura , não é manha . Dói. As articulações das minhas mãos queimam como se fosse sair um pedaço de osso rasgando a pele . Queima, agulhadas que queimam . Conviver com a dor transforma a gente de uma forma irreversível. Em dias como hoje, que não dá nem pra se mexer e também não dá pra ficar imóvel pq a dor almenta, porque ficar parada me faz sentir cada reação em todos os lugares, não importa quantos ou quais comprimidos eu tome , sorrir ou fingir que está tudo bem é impossível. E ninguém entende. Na verdade ninguém precisa entender, basta respeitar. A sensação de inutilidade é tão grande que acaba me enfraquecendo mais ainda.
Eu só queria que a dor fosse embora pra eu dormir um pouco.
FRibeiro
Enviado por FRibeiro em 04/06/2019
Código do texto: T6664392
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
FRibeiro
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (2341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 19:39)
FRibeiro