Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há cada partida tua

Jovem e destemido, um dia ainda serei.
Deveria ser forte, evitando que minha alma se perca.
Pequenos e frágeis, estamos apenas vivendo.
Sem saber o que me espera após a neblina.
Mesmo que meu único sentimento seja a dor.
Incapaz de manter longe todos os meus medos.
Espero por algo profundo em minha vida.
E o que tenho são apenas farelos ao vento.
Sendo apenas o céu a me cobrir de esperança.
Através dos contos onde o voo se torna livre.
Posso sentir tua presença, tua guerra interna me trouxe a paz.
Poderia te convidar uma ultima vez, se não soubesse o destino.
Ha cada partida tua, meu coração é preenchido com gelo.
No instante em que o ciclo se completar, será despedaçado.
Você foi tão longe e não devemos chorar.
Só estou pensando alto agora que sou livre.
Você não pode mais ajudar, mas lembre-se do fim.
Eduardo Perez
Enviado por Eduardo Perez em 25/06/2019
Reeditado em 25/06/2019
Código do texto: T6681533
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Perez
São Paulo - São Paulo - Brasil
88 textos (4160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 15:33)
Eduardo Perez