Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta a um vivente

  Querido vivente, se um dia eu partir quero que venha me visitar. Se eu partir desejo que não chores e nem implores para me ter de volta a terra.
  Quando meu corpo for colocado em um caixão o tempo não pausará para eu me despedir, não terei tempo para agradecer. Não terei tempo para dizer te amo e nem ouvir o mesmo.
  Se eu morrer não quero que me conte suas desculpas ou que foi sua culpa.
 Quando a morte chegar até mim, não quero que carregue consigo culpa, não tente explicar o passado. Siga caro vivente mesmo amargurado, triste e despedaçado.
  Meu perdão você já teve caro vivente, a morte veio e com ela levou a magoa do coração machucado, tenha paz e esqueça o passado.
  Até breve caro vivente, espero vê-lo novamente!
Dyuvania Mara
Enviado por Dyuvania Mara em 11/09/2019
Código do texto: T6742648
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dyuvania Mara
São Luís - Maranhão - Brasil, 21 anos
25 textos (404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 18:32)
Dyuvania Mara