Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não carregarei mais vocês comigo

Não sei se deveria começar agradecendo no início ou no fim desta carta , todo mal que vocês tentaram me fazer . Como é de proselitismo educativo agradeço . Todas as difamações,insultos,calúnias e mentiras . Esse monstro que pintou e rebordou através dos seus olhares de ódio mas que em nada reflete a minha imagem . Deu apenas mais clareza de visão . Todas as vezes em que tentei imbuir a minha melhor versão e intenção à abutres que desde um princípio estavam ao redor de putrefação . Honestamente,vocês são doentes . Muito doentes . Creem que religião,anos de convivência e um perfil coerente e correto pode afanar qualquer defeito . Que ilusão . Acham que estão protegidos da vida ou dos seus desafios por estar inserido num grupo . Alguns com orgulho batem no peito e dizem estar há anos assim, sem sintetizar a que preço . Há várias perdas recorrentes neste mundo,mas a mais densa delas é perder a si mesmo. Colocam a si como pedaços de carne barato em que o primeiro a pagar bem , leva . Leva quem?
Leva o que ?
Quem são vocês ? Um bando de solitários que se dizem fortes mas perambulam pelos mesmos lugares , com as mesmas desculpas fugindo de si .
Eu estive assim,mas acordei há tempo suficiente de não me perder.
De não dilacerar mais a mim mesma forjando ser o que não sou.
Quanto aos jogos , podem jogar , vencer,mentir ,ocultar e colocar quaisquer peão a sua disposição . Não estou em nenhuma disputa nem competição .
O fato é que resolvi escrever para dizer lhes que hoje eu ponho um ponto final nisto .
Que não os carregarei mais comigo.
É que , vejam .
Houve um tempo em que pensei que o erro era meu e que poderia ajudá los a sair desta tristeza e solidão . Não estar discernida ou polida para entender me fez querer melhorar . Em nenhum momento suscitei a hipótese de que vocês são os tóxicos não eu.
Vocês riem dos outros
não eu
vocês atacam gratuitamente baseado em puro preconceito
não eu
vocês segregam
não eu
E também não quero escrever esta carta culpando os nem desejando mal, não vou me rebaixar e acusar ninguém.
Apenas informo que não os carrego mais em mim . Que os que cismei ter algum apreço e nunca foram recíprocos ou só me ludibriaram , talvez demorem um pouco pra sair . Contudo, serão arrancados de mim.Pois este espaço que é só meu e não pode ser preenchido por figura nenhuma, está pedindo licença para entrar . E expulsar todos os entraves daqui de dentro.
Foi muito importante tudo o que passei .
Não nego .
Cada humilhação ou distorção de minha palavra,cada pretexto de amizade só para rir de mim depois tudo isto deu me mais empatia pelos excluídos,segregados e por aqueles a quem quero ajudar .
Estar numa posição desfavorável e entrar favorável ao meu coração a quem eu sou .
Isso não tem preço
E hoje eu me liberto permanentemente de ter lhes de provar quaisquer coisas , de ter de explicar qualquer mal entendido, de ter essa consciência ou disputa ridícula que vcs tem de tentar provar quem é mais esperto as custas de humilhação , quem demonstra ser superior atribuindo a sei lá o que uma reputação absurda .
Podem ficar
Confesso que é um tanto frustrante afinal não passam de mentiras calculadas e unidas a meu respeito
Mas quer saber
Pra que tentar mostrar a lucidez a quem já se corrompeu . Mesmo a verdade pintada de neon entregue a vcs seria esmagada pelos juízos , relativismos,sede de importância e futilidade
As diferenças que nos uniam são as mesmas que hoje formam abismos imensos a nos separar
E eu digo graças a Deus
Sei que não lerão esta carta ou se isto passar não será mais que um objeto de diversão e deboche
Não importa
Não os carrego mais comigo
E aquela criança interior buscando amizade e carinho , as que vcs dilaceraram hoje é uma mulher
Forte e incomparável
Todo esse jogo de intrigas , essa necessidade de ferir acaba hoje pois excluo todos os seus acessos à minha vida .
Não os aprendizados
Pode se aprender muito até com desafetos
sobretudo o que não ser e não fazer
O erro foi meu sim
a ingenuidade foi minha
No entanto eu fiquei do meu lado . E a minha companhia é insubstituível
E só isto
Já valeu a pena
Saber o que estou , aonde vou , que as minhas palavras me tornaram uma pessoa melhor
Já valeu
Dói agora . Pois é uma injustiça ou centenas delas
Mas quer saber
logo logo vai passar
Eu contra muitos
porém não contra mim
E tão logo eu firme o passo
tão logo estarei na direção correta pra mim.
Então, adeus pessoas que me humilharam,maltrataram quem eu dei o meu mais sincero afeto e transformaram em migalhas . As doei aos pássaros e neste coração o espaço é limpo.
Estes são os últimos versos que lhes dedico e a última atenção que lhes presto
apenas para agradecer
o meu encontro .
Já tenho quase 30 anos e não posso mais me dar ao luxo de estar em ambientes onde não quero só pra aparentar o que não sou , nem de carregar comigo entulhos que sucateiam meu coração .
Não sou uma esquizofrênica nem mau caráter , nem rejeitada nem vigarista nem louca .
Sou uma mulher com bondade uma mulher com destreza
e estou fora das métricas que calcularam
Pois meu espírito é livre e há pureza em alguma parte de mim
tão forte que não foi manchada
e propulsionou minha saída .
Digna
Então quer saber
digam o que lhes apeteça
inventem o que quiserem
instiguem outros a me odiar
Não quero nem saber pulei fora
se isto lhes parece fraqueza
temos conceitos diferentes
ainda bem
tenho meu ritmo
é mais lento
só que os passos são firmes e leves
principalmente
porque não os carrego mais comigo.
Amém.
Amandasoueu
Enviado por Amandasoueu em 01/11/2019
Reeditado em 02/11/2019
Código do texto: T6784380
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Amandasoueu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
88 textos (2060 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 06:04)
Amandasoueu