Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por todas nós

Por nós, mulheres, eu escrevo, grito e reflito. Por todas nós arranco forças do útero, e repito quantas vezes for necessária a verdade. Por todas que apanham ou apanharam, que são ou foram reprimidas, violentadas e esmagadas lenta e cruelmente, eu peço que tenham forças. Nada, nem ninguém, nessa sociedade que ainda usa da hipocrisia pra esconder seus males, pode impedir a vontade de quem tem algo a dizer, e nós temos. Fomos feitas de flores e de aço, não tombamos no primeiro obstáculo. Aguentamos séculos de submissão, aceitando migalhas de amor e desrespeito. Nós nos compreendemos com um olhar e a dor de uma sempre ecoa em todas. Por nós eu sonho, e luto, do meu jeito, por um mundo mais coerente que nos veja como somos e como podemos ser. Por nós eu sustento minhas palavras, acolho e sou acolhida numa rede invisível mas resistente. Por mim, pela filha que ainda posso ter e pelas filhas desta filha, que resolvi escrever. Não precisarei de armas nem bandeiras, enquanto eu tiver as palavras.
Luzz
Enviado por Luzz em 06/04/2021
Código do texto: T7225561
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Luzz
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 40 anos
454 textos (24009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 08:20)