Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção de uma tarde encantada

Gostaria de morrer numa tarde de sol...
Diluir-me nas cores do crepúsculo que enfeitam o céu, como fitas coloridas que adornam o lindo vestido azul de uma bela fada de cabelos de ouro.

Minha alma vagaria então de mãos dadas com a brisa serena, roçando levemente seu rosto querido, beijando mensalmente sua boca, acariciando seus cabelos e dizendo-lhe coisas maravilhosas, que só o amor dos puros de coração sabem compreender.
Então, você me veria ao longe, ali, naquela nuvem cor-de-rosa, a acenar-lhe feliz.

Gostaria de morrer numa tarde de sol...
Sentir esse imenso alívio que nos enche a alma ao pôr de sol, sorrir docemente e desfazer-me em azul, ouro e prata e depois...

... Nascer novamente em cada estrela que fosse surgindo para enfeitar o lindo vestido azul de outra bela fada de cabelos de prata!

04/06/1961
Majú
Enviado por Majú em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T726670

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor (Majú) e o link da página do texto em questão (www.linkdotexto.com.br)) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Majú
São Paulo - São Paulo - Brasil, 76 anos
1 textos (34 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 23:06)