Para quando você me encontrar 2

De: Carl

Para: Ellie

Não sei se algum vai ler isso, mas espero que sim. Como o pedido que fiz a tanto tempo ao cortar o bolo, eu ainda acredito no amor.

Sabe, me perguntaram hoje se doeu bastante, e eu disse que sim, e que ainda dói.

Mas olhando o mar, e me recordando que brinquei com uma moça que eu estava ficando velho, tudo se juntou em uma fita de fotos na minha cabeça. Cada momento bom eu me lembrei enquanto o mar sussurrava no meu ouvido. O primeiro beijo, o entrelaçar de mãos, pentear seu cabelo, minha mão apoiando seu rosto. Cada pequeno e delicado momento guardo comigo.

Isso me faz me recordar que vi uma foto sua recentemente, há alguns dias atrás, e aquilo... me abalou. Tremia como um pedaço de pau, meu celular quase voou das minhas mãos. Meu coração estava galopando no meu peito. Chorei, não podia mais ver. Me reclusei em meu quarto, e apenas dormi. Tinha compromisso, mas não queria ninguém, apenas chorar.

Então, quando eu disse aos meus amigos hoje se doía, eu disse que sim. Não só pelo o que você fez após o término, mas o que mais dói é ter perdido a viagem para o paraíso das cachoeiras. Isso é o que mais me afeta, ter amado tanto. Queria que tivesse durado mais tempo, e me cobro por não ter aceitado antes. Mas não sabemos como seria, não sei se sentiria mais do que senti, só sei que amei.

Gostaria que visse isso, e que não pensasse que é o fim, e que precisa de um.

Porque a Aventura está lá fora!

Att. Caladão

Arthur A
Enviado por Arthur A em 26/11/2021
Código do texto: T7394564
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.