Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Efeito solidão

Visto que muitos relatam o que passa entre nós sem ao menos ter a noção do que realmente acontece, te escrevo com a tinta da alma.
Não era para ser assim, essa tal distância que sempre foi um obstáculo a mais, não saberia dizer se foi o maior ou fator de adeus, ainda não sei bem explicar, assim como também não explico os sentimentos que ainda existem em mim, e das raras vezes que nos falamos nesses últimos tempos percebo e você também confirma que isso que sentimos nunca deixou de existir, para falar a verdade eu acredito que sempre existiu algo que queria explodir dentro de nós, e em um certo momento quando nos conhecemos, aquele começo de dezembro, mesmo nós tendo vívidos outros amores, nada como os momentos que vivemos foram substítuidos, foi realmente um marco, antes de você e pós você, o mesmo como se fosse eu.
Penso que pode ter faltado ousadia, de qual parte ?
Do meu lado, não via a hora de estar ao seu lado, poder viver um sentimento completo, como nunca havia vívido, falo por mim como também posso falar por nós, mesmo quando percebia que desconfiava do que sentia por ti, isso veio dizer muito tempo depois, mas já havia percebido bem antes, a falta de um amigo, fez com que guardasse dúvidas e confissões que hoje exponho aqui nessa carta.
Tinhamos tudo para dar certo, nossosentimento era uma canção, onde as pessoas ao nosso alrededor percebiam os nossos ideais. Da sua parte não faltou vontade, fez até demais em oferecer o seu lar para que pudesse recomeçar a vida em outra cidade, longe de família amigos, um recomeçar literalmente quase do zero.
Da minha parte não ousei arriscar, pois tinha um salário até que bom para a condição do País, e os convites de ambas as partes se continuaram por mais algum tempo cerca de um ano, depois as coisas mudaram.
A vida é desafio, se você não conquista o mundo, você é conquistado, a questão é ser caça ou caçador, escolhi ser caçador, não gostaria de correr sempre, sendo que até dormindo corro risco de morte, prefiro caçar e poder dormir mais tranquilo, o amanha é uma nova história
A minha ida ao exterior praticamente deu um fim no que existiu temporariamente, ou apenas dentro que nós que muito sonhamos, telefonemas incontáveis, mensagens, tudo que a tecnologia ofereceu.
Ainda nos falamos, bem pouco mas nos falamos, e bem raramente. Sem contar as frustações da sua parte pelos meus erros na sua ausência.
O sentimento que ficou, foi um por que ?
Por que nos apaixonamos temos tudo para dar certo e as coisas não andam, fazemos o que podemos, e dá errado ? dá um certo desespero pois você me diz que ninguém é insubstítuivel, daí penso será que o sentimos o que ficou o que marcou também é substítuivel ?
Longe de você vou vivendo os dias que restam, não sou tão velho, porém nunca sabemos o nosso dia final, com isso ainda sonho que terei mais algum dia de felicidade contigo, nem que seja o último dia das nossas vidas.
Guarde contigo meus sentimentos, eles sempre estão abertos a sua vinda, pois somente você, foi o grande amor da minha vida.

LPGC 07/12/2007 23:10
Vandel
Enviado por Vandel em 07/12/2007
Reeditado em 07/12/2007
Código do texto: T769081
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vandel
São Paulo - São Paulo - Brasil, 42 anos
292 textos (9538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 20:28)
Vandel