Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                   ARIANO SUASSUNA NA APL

                 Depois de "causar" na Associação
          brasileira de Letras quando o Bedel da
         associação intentou barrar aquele Sr. vestido
         com paletó de linho e calçando alpergatas de couro,
         estilo coronel do nordeste...
        - Senhor, a entrada nesse recinto é somente
          para imortais...!
         O acadêmico Arnaldo Niskier vendo a cena
         calmamente admoestou o Bedel...
        - Sr Bedel, deixe-o entrar pois trata-se de
          um acadêmico... é o grande Ariano Suassuna...
        Bem Ariano tomou posse na ABL..
        Aqui na Paraíba após muita dificuldade
        e muitos adiamentos, Ariano pôde enfim
        comparecer para tomar posse na Associação
       paraibana de Letras... Um acontecimento...
       Em noite de pompa, devido a grandeza
       do evento, o mesmo foi transferido do
       pequeno auditório da APL para o Teatro
      Santa Rosa à época o local mais suntuoso
      da capital do Estado... Do lado de fora
     uma multidão de artistas, políticos, intelectuais
     e curiosos lotou a entrada do Teatro...
     A banda da Polícia Militar da Paraíba abrilhantou
     a entrada triunfal do novo acadêmico...
     Lá dentro, o seleto público acomodado,
     Mestre de Cerimônias dava os últimos retoques
    para boa execução dos trabalhos quando se
     apresenta o maestro da banda e lhe pergunta:
   - Pronto mestre, nossa missão já foi cumprida
    podemos nos recolher às bases... ?
    - Sim, sim pode...
    Início da cerimônia o Curador do evento diz :
    - Agora a banda de música vai executar o
      Hino Nacional do Brasil em homenagem
      ao nosso novo acadêmico !
     O mestre de cerimônias ao ouvido do curador
     cochicha...
    - A banda foi dispensada... já não está !
     O microfone não estava desligado e a audiência
     ouviu tudo...
    - Mas  quem dispensou !?
     Notando o constrangimento e a gafe, o novo
     membro, o Ariano não se fez de rogado !
    - Deixem que eu canto... e começou     
    - Ouviram do Ipiranga às margens plácidas...
     E assim continuou sob uma saraivada de
     palmas e gritos do público.... um sucesso !
     Logo após o curador tomando da palavra
     anunciou...
    - Querido Ariano, em sua homenagem, o
      o nosso grande artista plástico o Flávio
      Tavares pintou um belo quadro que lhe
      oferece com muita admiração... mas meu
      querido Ariano tenho que dizer que tal
      honraria a nossa academia nunca teve
     a honra de receber... um quadro deste
     fabuloso pintor...
     Ariano em sua imensa capacidade
     de invulgar figura antenada, mais
    uma vez roubou a cena...
   - Pois bem meu caro patrono, considere
     desde já esta bela obra como da APL
    um patrimônio...
    Mais uma vez o público barbarizou
    em aplausos e gritos... ! uma verdadeira
   apoteose... era assim... foi assim o
   enorme vulto da cultura o ícone das
   artes brasileiras o Ariano Suassuna... !


Ps. MC Gerardo Rabello... o pai da Luiza que
      estava no Canadá...
Curador - Joacil de Brito Pereira... Presidente da APL
                à época.

  Conto real escrito por mim tendo ouvido Gerardo 
  Rabello em crônica falada na radio Band News
  Manaíra JP PB.

 
Alkas
Enviado por Alkas em 01/04/2021
Reeditado em 01/04/2021
Código do texto: T7221162
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5818 textos (414531 leituras)
1 e-livros (74 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 13:42)
Alkas