Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS CORES DO VENTO...

E as cores do vento
São tão sutis aos olhos
Que a marcamos no tempo...
Horas vermelhas
Rubras... Horas irmãs...
Horas azuis
Agridoce lirismo de Pã...
Ao chegar verdadeira
A cor inteira que deseja
Em desenhos Impressionistas
A nova manhã
                                                                        Otavio JM

Manhã que chega vestida de vermelho
e fazendo promessas
desenhando seu rosto
no espelho cristalino da água
que corre num rio manso
me encanto e deixo que me leve a caminhar
por sob as nuvens coloridas que cintilam no seu sonhar!!!

                                                                     Nicola Araujo

Eu não sei se o vento
tem um som, alguma cor
Mas ele traz o tormento
de não possuir meu amor                       Silvia Regina Costa Lima

O vento que sinto É lindo, eu não minto
Tem cheiro de flor Tem gosto de amor.
O vento que vejo Me traz num lampejo
A cor do vermelho Da estrêla que beijo.
O vento que toco
Se espalha no ar
É forte pressagio
Que o amor vai chegar.
                                                                 Cassia Da Rovare

Mandei recados ao vento
em forma de aquarela
era tanta cor no pensamento
Que pintei meu sentimento
com a cor amarela
para apenas por um momento
lembrar que não me esqueço dela
                                                                           Edil Franci

Vento gostoso neste momento Brisa da manhã,
acalma Leva para longe o sofrimento
Traz paz e esperança à alma
Vento de todas as cores Suscitando mil amores
Vento levemente perfumado
Traz assim o meu amado
Vento que lava a alma
Vento que traz alegria
Vento que acalma
Vento ... ventania ...
                                                                     Fernanda Xerez

Vento... Levado pelo tempo...
Matrizes de cores... Deixando Sentimentos

                                                                            helocrosio

Vento forte ou minuano
Incolor ou multicor
Diga pro meu benzinho:
Não vivo sem este amor!
                                                                         Sirlene Rosa

...Vento... Banha meu rosto
Som de saudades
Caminho no tempo
Onde estas... meu amor...?
                                                                           helocrosio
Você pintou uma tela
de tão bela fiquei amarela
segue a minha aquarela
sou a menina da janela
a sonhadora eterna, singela.
                                                               Ana Maria Carvalho

O vento venta cor de rosa
Amorosamente na bochecha da menina
Que nina sua boneca
Sapeca que tem os cabeloa amarelos
Revoltos pelo vento rosado
Que está cansado de ventar
E vai descansar
No céu azulado
Deitando na nuvem branquinha
Que suavemente é embalada
Com o soprinho do vento róseo
E adormece assobiando calminho
Num ressonar multicor
Imitando as cores do arcoiris.
                                                                      Isabel Ramos

O vento pode ser um bom amigo.
Quando leva a dor ... aquela saudade !
Intensas emoções que no peito abrigo.
Que ele as leve e na volta traga felicidade !
                                                                       Loira Paulista

O vento chegou e soprou
levemente no meu rosto,
tinha o mais lindo matiz,
aquele que tem o sol posto.
Os meus olhos se deslumbram
ante a beleza da cena.
Impossível descrever,
é inábil a minha pena.
Tão bonita era ela...
Peguei, depressa, o pincel,
e a transpus para a tela.
                                                                                 HLuna


O vento nos toca lentamente
Chega e refresca nosso corpo
Traz-nos sempre na lembrança
O muito que vivemos ou mesmo pouco!!

As cores do vento
Tem as cores que damos a ele
Se o vermos em tons alegres
Veremos sempre as cores com zelo!!

O vento
Que sempre me toca
É de uma cor sempre vibrante
Vejo o vento como um amor
Que faz sempre meu dia emocionante!!
                                                                       Neusa Staut

Vento sul, vento norte Não importa
Traz meu Deus , para bater na minha porta
A mudar a minha sorte Poder abri-la e deixar
O Espirito me guiar P or todo canto aclamar
O bem que faz amar.
Dar tudo que tenho Por isso hoje venho
Agradecer o vento Por tantos proventos.
Acreditar que neste vento vem
O amor de Deus tambem
Trazendo a certeza do bem
Agradeço o vento que vai e que vem.
                                                              ANGELICA GOUVEA

As cores do vento trazem
Perfumes de todos os amores
Alegrias multicores
Dos deuses os licores...
Que deliciam a Alma
Nos fazem viajar
Ao infinito céu
E nosso amor encontrar...
                                                                                   Kira
Se o vento fizer figuras em teu rosto
Se teus olhos fecharem, te fizerem sorrisos
Serei eu em remoinhos no teu dorso
Soprando-te os meus melhores matizes
Se o vento não ceder secar a vontade
E te embalar nessa música dos meus guizos
Deixa que o vento nos pinte em vendaval
Sem lastro ou tela, nem final... Voas comigo?
                                                                           Ana Átman

Vento sereno...
Cristalino...
Anil...
Sopro divino...
Venha em cantigas...
Me leve contigo...
Á doce alma...
Serena...
Á boca que espera...
Sabor em "frágolas" do amor.
                                                                                   Ci

Ciranda para o texto: AS CORES DO VENTO (T1685857)

Comentário para o texto: AS CORES DO VENTO (T1685479)

O qual se tornou essa "ciranda"
Entre... deixe sua cor traçar os véus das palavras
OTAVIO JM
Enviado por OTAVIO JM em 06/07/2009
Reeditado em 27/05/2013
Código do texto: T1685857
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
OTAVIO JM
São Paulo - São Paulo - Brasil
975 textos (197490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 20:59)
OTAVIO JM