Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

viola grata


O que se foi tonar- se-á  renovado,
Aerodinâmico, saltimbanco no tranco do colapso
Virtual.
Rapariga paraibana como cigana veio para a metrópole.
Hoje, desmancha de saudades do solavanco do forró gostoso.
Achou que o sertão viraria mar o calango, garapa forte.
Cachaça deu o mote, ardeu na Lapa, foi em  direção de um mecanoterápico
Pintado  com a tinta  de jenipapo, trovador mártir dos acontecimentos.
Alvorada apressou-se com música popular ao fundo, dizendo à noite:é hora de acordar e voar feito  serenata de neve.
arquiduquesa
Enviado por arquiduquesa em 12/11/2017
Código do texto: T6170133
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
arquiduquesa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
13 textos (320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 12:09)