Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GEMIDOS DE UMA ANA

há pouco bateu uma saudade
inesperada
de ouvir seus gemidos,
assim meio safada,
um pouco puritana,
um pouco fada,
um pouco ana,
lady godiva, meio diva,
deusa,
musa,
intrusa,
inclusa
em meus delírios sem brios,
apenas instinto,
poros sem decoros,
sem pudor ou amor ou piedade ou maldade,
apenas saudade
de seus gemidos,
grunhidos enclausurados
em tempos idos,
findos,
lindos
numa ciranda de saia rodada,
grudada
naquele banco da varanda
onde tenho saudades,
agora branda,
de sua voz entrecortada,
misturada
com gemidos oprimidos,
reprimidos
mas destemidos,
de pura gana,
soberana,
de uma ana.

*interação 22/02/2020 17:29 - Anhie

Bendita Ana,
que de tão insana
Uma ciranda ganha.
All Xavier
Enviado por All Xavier em 22/02/2020
Reeditado em 23/02/2020
Código do texto: T6872022
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
All Xavier
Patos de Minas - Minas Gerais - Brasil
259 textos (9120 leituras)
1 áudios (30 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 21:28)
All Xavier