Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PESADELO


Meu amor, acordei assustada de um cochilo e me dei conta do vazio que estava a nossa casa, de repente o silêncio me incomodou de uma forma tão louca, percorri nossa casa, cômodo por cômodo e tive a certeza que havia ficado só, voltei ao corredor, abri a porta do nosso quarto, ainda na esperança de ter me enganado, mas nem o seu perfume que tantas vezes reclamei ser tão forte fazia-se presente... senti uma angustia, uma dor no peito que me sufocava, as lágrimas não demoraram aparecer, vieram rapidamente fazer companhia à minha solidão ... pela janela da sala pude notar que já amanhecia, os primeiros raios de sol ainda tímidos anunciava que o dia seria longo, dei-me conta que o carro não estava na garagem, comprovando de uma vez por todas que você não se fazia presente.

Comecei a ouvir uma gota d’água que pingava insistentemente, andei em direção à cozinha, sim... a nossa cozinha, lembrei das vezes que preparamos o almoço juntos, de nos esbarrar no apertado espaço e pasme, estava imensa, não cheirava a café e apenas um copo ocupava a imensa pia, pensei em apertar a torneira e acabar com a agonia daquele pingo, não segui adiante, pois este era o único som a quebrar o silêncio daquela estranha manhã...

- Acorda minha linda...venha para o quarto, eu já disse que não deveria ficar lendo romance na sala, você pega no sono e eu fico sozinho naquela cama enorme...

Ah!!!

Acordei assustada, não entendi absolutamente nada, guardei o livro e fui para o quarto, deitamos abraçadinhos e assistimos aquele filme de ação, com muita correria, tiros e aventuras que sabemos ser impossível de ocorrer na vida real, você estava ali, a meu lado... nunca me diverti tanto com este tipo de filme, eu te amo!!!

Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 25/05/2009
Reeditado em 16/03/2013
Código do texto: T1613809
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Renata Rimet
Salvador - Bahia - Brasil, 49 anos
460 textos (25947 leituras)
9 áudios (1054 audições)
9 e-livros (1987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 17:24)
Renata Rimet

Site do Escritor