Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura de Amor

Pérola entra na igreja com seu lindo vestido de noiva enquanto Benjamin esperava para receber sua quase esposa e leva-la ao altar...
Depois do casamento e da festa de casamento, os dois fazem amor pela primeira vez consumando o amor entre dois apaixonados...
Passa-se um bom tempo e Pérola conversa com sua vizinha...

- Ai, amiga, um dia desses vi seu marido numa loja de roupas, ele não parava de olhar para uma mulher, ela era muito bonita...

- Confio no meu marido, ele me ama...

- Foi a mesma coisa que disse a Filó, e um dia ela pegou o marido na cama com outra.

- Mas meu marido é diferente.

- Deixa de ser inocente, mulher, isso é o que todas as ingênuas pensam, o homem para sair com outra mulher, é 1,2. Acho que você deve tirar satisfações com seu marido, não pode ficar dando bobeira para outra mulher ficar usando o que é seu.

- Por via das dúvidas eu vou falar com ele, e vou tirar essa história a limpo.

- Faz isso mesmo, não fica dando bobeira com macho não, mostra pra ele quem é que manda.

Nesse mesmo dia, Pérola e Benjamim tiveram uma discussão...

- A vizinha me disse que você não parava de olhar para uma mulher numa loja de roupas!

- Que vizinha fofoqueira é essa?

- Não interessa, ah! Então é verdade né.

- A mulher que ela viu trabalhava lá, ela estava me atendendo.

- Mas você estava olhando pra ela, diga a verdade.

- E como você queria que eu não olhasse, a não ser que eu fosse cego, isso é inevitável, é claro que eu olho, é para isso que o olho foi feito, para olhar.

- Mas você não precisa olhar para outra mulher, só para mim, entendeu.

- Mas agora pronto, agora eu não posso mais olhar, isso é inevitável, eu não sou cego.

- Mas seria bom se fosse, assim não olharia para mulher nenhuma!
Benjamin sai triste, mas Pérola grita.

- Benjamin!

Ele volta e tenta beijá-la.

- O que está fazendo?

- Você disse beija a mim, e era isso que eu estava fazendo.

- Você é um idiota.

- Agora só falta querer que eu fique sem boca...

- Estou cansada disso, eu vou dormir!

No dia seguinte, Pérola sai e vai comprar algumas coisas no supermercado, quando ela volta, procura Benjamim, ela vai até o banheiro e encontra sangue...

- Meu Deus!

Ela segue o rastro de sangue até o quarto, e encontra Benjamim no chão com o rosto virado de lado, ela toca no ombro dele e ele vira o rosto.

- Nossa Senhora! – Ela se espanta, o que foi que aconteceu?

Os olhos de Benjamim estavam furados e derramavam sangue.

- Pérola, meu amor, agora nunca mais eu irei olhar para outra mulher, nunca mais...
Lucas José
Enviado por Lucas José em 06/08/2019
Código do texto: T6713677
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Lucas José
São Paulo - São Paulo - Brasil, 24 anos
147 textos (2981 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/02/20 23:40)
Lucas José