Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A culpa não é nossa!

É do nosso coração... meu cérebro fica dando voltas e tentando arrumar uma saída para ele, a insegurança me envolve de uma tal maneira que meu estômago dói envolto em borboletas tentando me consolar... Tento expulsar você e trancar a porta deste coração tão amargurado, mas não consigo... grito para este coração insano: Foi você que causou tudo isso! e agora faço o que?

De repente a pressa, a ansiedade e a vontade de te ver, me fizeram sentir viva, e nesta vida inclui uma felicidade da qual eu não tenho o direito e ainda tenho que enfrentar a minha consciência e ter coragem suficiente para me camuflar deste sentimento sem achar uma saída...

Não posso fazer promessas, não posso te acrescentar na minha vida, não posso te dar a lua na calada da noite e nem enfeitar seu sono com as estrelas do universo... preciso me manter inteira e deixar você também inteiro, não podemos nos quebrar nesta paixão proibida e nem desfrutar de sentimentos tão aconchegantes e envolventes que nos faz perder a  consciência...

Desculpa eu continuar nestes teus rastros, mesmo tentando fugir, meu corpo pede para eu ficar e meu coração se recusa a sair... eu me transbordo a cada vez que te vejo e não consigo desistir... afinal a paixão suporta tudo e mesmo massacrada e proibida resiste a esta dor que agora dança no meu peito acompanhado das suas notas musicais e o do som do seu canto... mas ela é incontornável e irrevogável.

Seus olhos me transmitem paz... sua voz morna e doce acalma meu coração quando ele se desgoverna e tenta renunciar a esta paixão proibida... Me apaixonar por você foi inevitável depois que te vi pela primeira vez, agora peso na balança do meu interior e vejo que o peso é maior do que eu posso carregar, sinto que os momentos felizes serão pequenos a comparar com tantos outros infelizes que virão pela frente...

Nada será o suficiente para apagar o nosso erro de amor, nada fará com que os nossos caminhos sejam o mesmo e sejam libertos... Agora nem sei mais quem eu sou, só sei que meu coração saiu do meu peito e foi atrás do seu, meus olhos só veem os seus e meu sorriso é inteirinho para você...  
Regina Luiza
Enviado por Regina Luiza em 29/11/2017
Reeditado em 29/11/2017
Código do texto: T6185419
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Luiza
São Paulo - São Paulo - Brasil
262 textos (9763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/18 02:51)
Regina Luiza