Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antonio das Almas

Nascera defeituoso da alma. Fazia qualquer coisa por dinheiro. Matar era quase uma religião.

Nunca falhava, tampouco se ocupava em saber quem era a vítima. Mais uma empreitada. Dinheiro bom!

O mandante apenas dissera que a paga seria dobrada de valor com uma condição: que ele jurasse em público que faria o serviço sem antes conhecer o nome do encomendado.

Assim foi feito! Juramento prestado e o nome revelado.
Antonio das Almas, ele mesmo.

Arma apontada goela adentro, mão estendida cobrando. Dinheiro recebido e guardado. Gatilho disparado. Morreu rico e de alma limpa por nunca desonrar uma jura.
Maria Martini
Enviado por Maria Martini em 10/08/2005
Código do texto: T41720
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Maria Martini
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 55 anos
19 textos (1595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 12:35)
Maria Martini