Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASAR?

         Radiosa, a noiva entra na igreja na cadência da marcha de Wagner. Após receber o beijo do pai, chega ao pé do altar de braço com aquele que imagina ser o homem de sua vida. Estão prontos se fazerem uma promessa: amar, respeitar, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, no claro e no escuro, para todo o resto da vida. Cerimônia acabada, na condição de marido e mulher, noivo e noiva fazem o caminho em direção a saída da igreja. O coral entoa “eu sei que vou te amar”. A peça de teatro está quase no final. Faltam os abraços de seja feliz para sempre. Se não fosse a vida. ....... Se não fosse o carinho omitido, o gelo, as desculpas, os perdões mal concedidos, as desigualdades mal resolvidas. Os silêncios cultivados. Ô, gente. Saúde, doença, riqueza, pobreza  claro, escuro, preto, branco _ nada disso  dura até a morte._ São intermitentes. Como as ondas do mar.
Terezinha Pereira
Enviado por Terezinha Pereira em 22/09/2007
Código do texto: T663775
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Terezinha Pereira
Pará de Minas - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
124 textos (55932 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 23:20)