Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Furtaram a pena de Montesquieu

Notitia críminis:

Ao alvorecer do abril do ano 1747, populares afirmam que viram indivíduos de comportamento aristocrata e com vestes e palavras estranhas saindo – sorrateiramente - do castelo de La Brède com uma pena e um tinteiro. Os elementos, segundo as testemunhas, entraram em uma carruagem prateada que não possuía cavalos para puxar. Um linguista que estava entre os populares conseguiu ler as palavras DE LOREN MOTORS COMPANY no tílburi que se auto movia, ele também percebeu que o condutor usava um cabelo lambido e segurava uma bíblia sagrada. Os elementos estranhos, que se diziam barões de uma legislatura do ocidente, entraram na carruagem enfeitiçada e sumiram no horizonte.

Gratifica-se com uma porca prenha quem encontrar a pena e o tinteiro de Charles Louis de Montesquieu.
Hermison Frazzon da Cunha
Enviado por Hermison Frazzon da Cunha em 30/04/2013
Reeditado em 01/05/2013
Código do texto: T4266850
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Hermison Frazzon da Cunha www.recantodasletras.com.br/autores/mano). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hermison Frazzon da Cunha
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
103 textos (30097 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 10:52)
Hermison Frazzon da Cunha