Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Conto de Natal

                           Um Conto de Natal

Os enfeites deste natal de 2013 estão muito bonitos neste shopping de Campinas.
Sentado em minha cadeira de rodas, fico admirando a decoração e me lembrando de outros natais...
Minha esposa e filho foram às compras e preferi esperar aqui na praça de alimentação.
-Arrependa-se irmão!
Nem tinha reparado, mas um homem de uns quarenta anos está do meu lado, de terno e uma bíblia na mão. Parece um pastor ou estudioso das Escrituras Sagradas. Além disto, percebo que ele, assim como eu, vê e sente energias de uma realidade espiritual.
Ele me pede para sentar-se numa cadeira na mesa em que estou e digo que sim.
Digo-lhe meu nome e ele diz chamar-se Davi, teólogo e pastor.
Ele olhando fixamente em meus olhos começa a dizer meus pecados segundo sua visão pastoral. Como numa manifestação mediúnica, que conheço muito bem, relata algo sobre minhas experiências no espiritismo e na umbanda. Relata também meu trabalho como Radiestesista e Terapeuta Holístico. Tudo isto, segundo ele, práticas demoníacas...
Num breve tempo, interiormente, lembro-me de fatos relacionados a estas vivências.
Nas seções mediúnicas fui dialogador, conversava com espíritos através de um médium. Lembro-me de algumas comunicações... Muitos não entendiam que tinham desencarnado! Alguns sofriam muito e queriam ajuda... Outros me contavam como era o lugar que estavam... Sinto-me bem com estas lembranças...
Caboclo Pena Dourada, amigo espiritual das linhas de Umbanda. Lembro-me de uma noite, há muitos anos, em que, com minha visão espiritual, vi aranhas e um emaranhado de teias em meu quarto. Sabe que fazemos também inimigos espirituais... Naquele momento de terror, orei para que DEUS enviasse ajuda e vi o FOGO consumir todo aquele cenário macabro. Senti a presença do Caboclo Pena Dourada, um Guerreiro de Cristo...
Começo a recordar da época que trabalhei como terapeuta holístico e de várias pessoas que pude aliviar dores, traumas... Usava o pêndulo de radiestesia para definir tratamentos naturais. Nesta época usava também cores e pedras nos tratamentos. Lembro de uma vez que uma aluna não se sentia bem e fiz uma energização nos chakras. Ela começou a chorar convulsivamente e depois se sentiu melhor... Boas lembranças...
Lembro-me também de meu trabalho como atendente no bar de minha família. Em muitas situações, fui balconista e “psicólogo”, ouvindo todo tipo de tristezas e desgraças que me relatavam ao tomar seus aperitivos. Fique com DEUS, pensava...
Para mim é difícil arrepender-me do que vivi e não considero erros...
Em minhas experiências religiosas também estudei filosofias orientais como o taoísmo, que tem uma filosofia muito bonita.
Fiz amigos também ao frequentar a igreja católica e também pontos de pregação e igrejas evangélicas...
Tudo o que busquei e tudo o que aprendo em todas as filosofias parecem convergir a um mesmo ponto...
Como que lendo meus pensamentos, Davi olha-me e diz apenas: - Arrependa-se!
Não consigo e nem quero arrepender-me de minhas experiências! Quem sabe arrependa-me da comida que não doei e das lágrimas de tristeza que produzi... Sei lá... Quem sabe eu seja uma ovelha perdida... Mas não me sinto assim...
Segundos que parecem séculos passam pesarosos...
Sinto então a proximidade de mais uma pessoa. Olho e vejo um homem bem velhinho varrendo o chão do meu lado. O interessante é que não é um funcionário da limpeza do shopping... Não tem uniforme padrão... Parece mais um andarilho com uma vassoura muito usada! Mas já vi este homem em algum lugar...
- Obrigado pela água! – ele diz olhando fixamente para mim. Agora me lembro de que me pediu um pouco de água para beber, há um tempo lá no bar que trabalho.
Sinto-me feliz por ter ajudado!
Ele sorri para mim e desaparece entre os enfeites natalinos.
Agradeço Davi pela tentativa da salvar minha alma, segundo sua filosofia, e ele também vai embora...
Apenas estou feliz por estar aqui com minha família...
                            FELIZ NATAL! HO! HO! HO!



AndréFurlan
Enviado por AndréFurlan em 07/12/2013
Código do texto: T4602304
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
AndréFurlan
Campinas - São Paulo - Brasil
243 textos (5096 leituras)
91 áudios (2176 audições)
103 e-livros (1584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 10:40)
AndréFurlan