Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A NINFA


No entardecer de um dia de primavera, entre as árvores de um lindo jardim surge uma bela “ninfa”, de olhar cálido e sereno, com a placidez invejada por muitas raparigas do lugarejo onde morava.
Ela é uma jovem senhorita de 15 anos apenas, mas com muitos admiradores que a querem cortejar, filha única de Nelson e Maria Rita Servilha, o seu pai é muito poderoso e sua família é considerada uma família tradicional.
Eles deram uma boa educação à menina que tinha acabado de chegar do internato de freiras onde mora.
Viera para o seu aniversário que seria entre 3 dias e que no mesmo dia conhecera o seu prometido Pierre Alcazares.
Samantha Servilha era uma menina muito bonita e educada, e que tinha tudo o que queria, rica, porém humilde, estudava com as freiras desde que completou 10 anos, era educada para ser uma esposa maravilhosa e submissa ao seu marido.
Chegou o tão esperado dia do aniversário de Samantha, os pais convidaram os mais importantes membros da pacata cidade de Cabo Verde.
É lua cheia, a noite está linda, todos comem e bebem do bom e do melhor, e assim chega a hora da linda aniversariante entrar para o baile.
Lá no topo da escada aparece Samantha com um belo vestido branco, todos a olham atônitos com sua beleza e em silêncio acompanham os passos da menina, Samantha começa a descer as escadas, ela tenta adivinhar qual dos moços é seu pretendente , a menina se sente muito feliz e maravilhada com todos que vê, e com um sorriso nos lábios entra no salão.
- Filha, você está linda... diz o seu pai Nelson, com os olhos brilhando de  orgulho.
Ela puxara a sua mãe que tem uma educação invejada e com uma força interior que tinha herdado de sua bela avó que já faleceu
- venha minha filha, vou te apresentar para o filho do comendador Rubens, disse o seu pai.
E saiu a menina acompanhada pela mãe e o seu pai ao encontro do comendador.
- Comendador Rubens, esta é a minha princesa Samantha, diz seu pai mostrando a garota.
- Senhorita, como vai? Diz o comendador, pegando a mão da garota e com um beijo rápido a comprimentou.
- Bem obrigada diz a garota.
- Meu filho, venha até aqui conhecer a aniversariante, diz o comendador chamando seu filho Henrique Carvalho.
Ele se vira, olhando direto no fundo dos olhos da menina e com a afeição que está decifrando todos os seus segredos, sorri.
Henrique é um garoto educado, porém ele já cortejou várias meninas, tem um jeito sedutor e ao mesmo tempo tímido, é comedido e assim consegue observar tudo a sua volta.
- Meu filho Henrique, esta é a senhorita Samantha Servilha filha do senhor Nelson, e da senhora Maria Rita, diz o comendador.
Eles se comprimentam, mas a garota não consegue retirar os olhos de Henrique.
Neste momento sentem a aproximação de um moço novo e acompanhado por uma senhora já de idade, esse rapaz, é o moço que vai se casar com Samantha, ele é um rapaz considerado no lugarejo , bobo, por se deixar enganar muito rápido, a inocência dele irritava a sua tia Blanca.
Pierre é o melhor amigo de Henrique desde que ainda eram infantes, se gostavam muito, se tratavam como irmãos, filhos únicos e com grandes diferenças, mas eles julgavam a amizade como um pacto, que nada os iria separar até aquele momento...
A festa está bela, a garota está deslumbrada com tudo, as horas passam ela continua só tendo olhos para Henrique.
As apresentações já haviam sido feitas, Samantha já conhecia o seu futuro noivo, e as pessoas já começam a reparar que Henrique e Samantha não pararam de se olhar.
O baile acaba, Henrique vai embora encantado pelo olhar inocente e sedutor de Samantha, Pierre é o único que não percebe nada, mas que também se encantou pelo olhar da garota, pelo jeito inocente e meigo, a tia de Pierre foi a primeira a perceber que Samantha se apaixonou naquele exato momento por Henrique, e convenceu os pais dela a mandar a garota de volta para o internato, os pais percebendo tudo a mandam de volta para o internato, onde só sairá com 18 anos.
Os anos se passam, Henrique continua o mesmo garanhão de sempre, ele começou a cortejar uma garota com o nome de Bruna Peixoto, ela é uma garota antipática, onde vai, é julgada chata e tonta, com os cabelos pretos e encaracolados, com a pele amarelada, mas ela não conseguiu retirar do coração de Henrique a doce Samantha.
Pierre foi estudar fora, mas continua bobo como sempre, e ainda sonha em ter Samantha como sua única e bela esposa.
Chega o dia de Samantha sair do internato, Pierre volta louco de saudades e com as cartas que a menina tinha escrito debaixo do braço, e com os pais dela vai a estação de trem para esperar e recebê-la, matando assim a saudades e aquietando o seu coração apaixonado.
Henrique não sabia da chegada de seu único amor, foi visitar a sua “namorada” e por coincidência terminar o seu romance que durou 3 meses com a rapariga de olhar tonto.
O trem chega com um atraso de meia hora, no meio de tanta gente desce Samantha mais linda e escarlate do que a 3 anos atrás, quando o moço a conheceu, ela olha e com um sorriso cheio de esperança, não encontra quem procura, mas avista seus pais e vai ao encontro de sua mãe.
- Mãe! Grita a garota.
- Samantha, filha! Chama a sua mãe, louca de saudades e com vontade de abracá-la.
Se encontram e matam as saudades, enquanto isso, chega Pierre Alcazares, com as malas de sua futura noiva.
- Senhorita Servilha como vai? Diz timidamente Pierre.
- Bem obrigada senhor Alcazares, diz a garota.
- A senhorita, com todo respeito, continua muito bela e cativante.
A menina que agora é uma moça fez-se escarlate e agradeceu o elogio
- Muito obrigado senhor Alcazares
- Pode me chamar de Pierre, afinal vamos nos casar, diz o sonhador Pierre
- Está bem senhor Alcazares... quero dizer senhor Pierre, diz a moça Samantha.
- Oi meu pai, e com um abraço comprimentou o seu pai.
- Oi minha princesa, como você está minha menina? Pergunta seu pai.
- Muito bem, mas um pouco cansada da viagem.
- Já iremos, já iremos minha princesa, só tenho que assinar o livro da chegada, espera aí, responde seu pai, e alguns segundos depois, seu pai volta.
- Tudo resolvido vamos embora querida, para você descansar, desfazer as malas e depois nos contar como foi lá, amavelmente diz seu pai.
A garota fica atônita mais vai ao lado do seu pai embora, chegando em casa, vai direto ao seu quarto descansar, enquanto isso seu pai manda fazer um bom jantar para comemorar a chegada da princesa da casa.
Seu pai convida os amigos da família para um comunicado importante que será dado no jantar.
O jantar começa, Samantha entra e se senta espantada por ver todos os amigos no jantar, de repente entra o seu grande amor, ambos ficam muito felizes ao se reencontrarem.
 No meio do jantar o seu pai pede atenção e comunica que o casamento de sua filha será em 20 dias.
- Atenção por favor, pede seu pai, eu queria fazer um comunicado, continua dizendo, eu e Pierre conversamos e concordamos em marcar a data do casamento para daqui a 20 dias.
Samantha entra em desespero, os olhos da garota enchem d’água, ela olha para Henrique e com muito medo de perder seu grande amor fica em silêncio, Henrique também em silêncio, começa a pensar como vai fazer para conversar com a garota sozinhos.
Todos são convidados para ir brindar na sala com licor do porto, enquanto Samantha busca o licor, Henrique a espera, ele a puxa quando a garota passa e assim eles marcam para fugirem juntos, antes do seu casamento.
Os dois continuam suas vidas como se nada estivesse acontecendo, o dia vai chegando e a tia de Pierre fica sabendo.
Blanca fica sabendo por uma empregada da casa de Samantha que ela iria fugir com Henrique, Blanca conta para o subrinho o que está acontecendo, Pierre resolve agir e sai de casa armado para ir atrás do seu amor, mas torcendo para ser mentira ou ilusão de sua tia.
Ele chega no lugar marcado, é um jardim lindo na estrada da cidade de Cabo Verde, Pierre se esconde atrás de uma árvore e espera que não seja verdade.
Depois de uma meia hora, chega Henrique e aflito aguarda a chegada de Samantha, Samantha chega, eles se abraçam e ele diz onde deixou a carruagem para a fuga, Pierre se aproxima e os flagram, eles tentam se explicar, mas o moço ainda apaixonado não quer saber de nada.
Samantha se coloca na frente de Henrique, quando percebe que Pierre está armado, ele pede que ela saia da frente dele, o moço muito magoado e aos prantos implora que a garota saia da frente de Henrique.
Henrique não aceita ser protegido por uma garota, e acaba empurrando-a, ela cai chorando e desesperada começa a gritar por socorro.
Pierre com muito ódio, atira em Henrique matando-o na hora, Samantha vendo o corpo estendido no chão, cai em cima de Henrique e começa a declarar-se ao seu amor, chorando muito.
Ouvindo as palavras que queria que ela falasse para ele, fica com mais ódio e sem piedade atira em Samantha.
Samantha cai dando seus últimos suspiros, Pierre começa sentir desespero, começa a pensar no amor que iria dar a ela, sem consolo ele cai em cima de sua noiva e chorando muito tenta confortar o seu amor, a garota morre nos seus braços e o moço angustiado e imóvel, pensa no que fez, ele matou a mulher da sua vida.
Pierre percebe que não vai conseguir viver sem ela, ele começa a lembrar o sorriso dela, a pele plácida e os olhos cálidos e meigos que ela tinha, olha para o lado e vê na grama a arma caída e sem pensar duas vezes, ele a pega e se mata acabando assim com toda sua dor, de ter descoberto a traição que o coração de Samantha fez, e a de seu grande amigo.
E por coincidência foi no mesmo jardim em que a menina Samantha passeou com seus 15 anos bela e cheia de vida.

Talita Cruz
Enviado por Talita Cruz em 16/08/2007
Código do texto: T610355

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Talita Cruz
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil, 36 anos
22 textos (892 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 20:29)
Talita Cruz