Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versão moderna de Chapeuzinho Vermenho.

Patricinha Pink

Era uma vez, uma linda mocinha chamada Patricinha Pink. Seu nome era esse porque sua mãe, havia feito o enxoval da criança todo cor de rosa, porque era sua cor preferida.

Certo dia, sua mãe preparou alguns doces e pediu a Patricinha Pink para levá-los  à vovó que morava do outro lado da cidade. A avó de Patricinha Pink estava um pouco doente. Sua mãe avisou-lhe:

  _ Não pare no Shopping Center e nem converse com os caras no caminho. É muito perigoso!

Patricinha Pink pegou seu conversível importado e saiu. No caminho, ela encontrou a galera que estavam indo ao cinema assistir Piratas do Caribe 3.

Bastou chamá-la uma vez e Patricinha Pink se esqueceu dos conselhos de sua mãe. E lá se foram.

Após o filme, resolveram esticar a noite numa balada. Com o dia quase amanhecendo, a mocinha se lembrou dos doces da vovozinha e falou:

_ Coitadinha da vovozinha, me esqueci completamente...

Mas na altura do campeonato, todos estavam com fome e resolveram comer os doces da vovozinha. De volta pra casa foram surpreendidos em uma blitz policial. Todos estavam numa ressaca tremenda e o policial muito desconfiado começou indagar os jovens:

_ Quem é o proprietário do veículo?

_ Sou eu seu guardinha! Meu pai é diretor de uma multinacional e vou ligar pra ele agora.

Mas o guarda de trânsito continuou...

_ Por que seus olhos estão tão vermelhos garota?
_ Ah, foi um lance bem lega!

_ Por que esse bafo horrível de cerveja?
_ Sabe como é? A gente se empolga seu guarda.

_ Por que está toda descabelada e roupa amassada? Vou avisar seu pai!

Um rapaz que estava na turma falou:
_ Deixa gatinha, eu resolvo a paradinha!

Neste momento o rapaz tirou da carteira uma nota de R$ 50,00 e colocou no bolso do guarda de transito que  falou:

_ Pensando bem, vão pra casa. Tomem um bom banho, e durmam um pouco...

Depois disto, todos continuaram suas vidas e foram felizes para sempre.
oasis
Enviado por oasis em 22/08/2007
Reeditado em 19/03/2010
Código do texto: T619264

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
oasis
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
77 textos (32041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:35)
oasis