Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPETÁCULO

     A apresentação era ao ar livre – dançarinos bailavam diferentemente. O espetáculo sugere o contato. Terra, poeira, espelhos. Os expectadores extasiados pela desenvoltura e beleza dos corpos em movimento. O poeta não parava de sentir. Precisava tudo, queria tudo, o espelho e a sua imagem, o incenso e o respirar, as frutas e a sua língua.

     No decorrer da apresentação deliciosamente eram seqüestrados alguns da platéia. A arte em maior grau. O poeta fora o número três. Arrebatado por uma linda amazona que já lhe observava de movimentos anteriores ao espetáculo. De sorriso brilhante e corpo serpentiante surpreendeu ele e a todos com um demorado beijo. Logo ali em pleno espetáculo. Demorado e forte.

     Após o beijo o poeta encontrou em sua boca, ao sentar, uma pedra. Uma jóia transparente. A prenda era sua. A dama continuava seu baile, mas o poeta ficara loucamente apaixonado ao que observara. Ali... dentro do objeto aparentemente translúcido e brilhante, seus olhos se prenderam. Dentro, dentro dela...

     Observara atentamente. Se perdia e encontrava na pedra em sua palma. Uma sala querendo ser escura apesar das lamparinas, visão surreal da musa a manusear um caderno, que lá normalmente escrevera. Agora ela se concentrava, ao chão sentada, em apagar páginas . Esquecia as histórias que guardava do poeta. Arrastava cuidadosamente a borracha branca nos escritos, não deformava as folhas que poderiam posteriormente serem reescritas. Experiências. Fechara agora o caderno e colocava o mesmo na caixa misteriosa do antes. Artisticamente bela, hermeticamente fechada. O poeta vendo tudo... nervoso sorria. Soprou deliciosamente a pedra. Sua anima invadiu o quarto apagando os bicos de luz e envolvendo a musa. Chegava-lhe aos ouvidos o som do vento. Chegava-lhe o íntimo que tentava expelir. Tocara a ternura.
     
     Houve uma salva de palmas. O espetáculo havia terminado.
Márcio Araújo
Enviado por Márcio Araújo em 17/11/2007
Código do texto: T740977

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Araújo
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
126 textos (12837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:52)
Márcio Araújo