Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A Feira


- Você gosta de feira de antiguidades?
Sim.
- Pensei em te convidar pra ir até lá, mas fiquei em dúvida...
Vamos sim.
Caminharam por ruas diversas. Pararam em frente ao teatro. Havia cartazes de peças, apresentações de música. Conversaram sobre o que gostariam de ver. Mais adiante, colocou-lhe o braço no ombro. Ficou meio sem graça. Não sabia muito bem o que fazer. Deixar ou não o braço? Era-lhe algo inusitado. Um pouco mais à frente, mudou os passos de forma que fosse obrigado a retirar o braço.

Depois de várias quebradas, ruas estranhas àquelas que conhecia, entraram na feira. Era-lhe um ambiente conhecido. Conhecido por outros lugares idênticos àquele. Não era seu ambiente. Mas nada naquele dia era seu ambiente. Porém, estava feliz. Como há muito não se sentia. Começara a se sentir flutuando desde aquela manhã, no saguão do hotel. Depois, enquanto falava de sua vida, também se sentira assim. Flutuando. Sentia que algo novo estava começando. Então, esqueceu-se que sua vida era outra e percorreu a feira.

Percebeu seu olhar nas lâminas de combate. Sorriu de leve. Então não tinham nada em comum? Sim, tinham coisas em comum. Quase imperceptíveis, mas tinham. Tinha também paixão por adagas, e o brilho nas lâminas mostrava isso. Mas não lhe diria. O tempo, fiel companheiro, mostraria os pontos convergentes.

Mais adiante, uma nova pergunta:
- Gosta de navegar?
Como assim, navegar?
- Navegar, pelo mar. Queria te convidar para ir até a ilha.
Sim, podemos ir. Foi a resposta simples.

Não tinha percebido. Entrara-lhe pelos olhos, pela pele, pela voz e se instalara em seu coração. Não percebeu e não acreditou.

Naquela tarde, atravessaria o oceano p’ra continuar ouvindo sua voz, sentindo seu calor, contando sobre sua vida, sorrindo de coisas banais, tomando água da mesma garrafa e ouvindo o mesmo canto do mar. Naquela tarde não havia mais medo, não havia mais dor...
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 04/11/2006
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T281960
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 09:21)
Fátima Batista