Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assine e cale a boca

Segurando no seu queixo, olhar quase feroz, sibilou:
-Eu assino essa porcaria mas não vou te dar sossego!
Ela para provocar:
-Ai que medo, hahahaha!
Essa foi boa, separados há nove anos e agora que ele vem dizer isso? Ainda mais num domingo após o almoço, chega na casa da ex mulher é bem recebido como sempre mas não pode ficar a sós com ela que a mãozinha boba se manifesta. Da sala o ex sogro só observa pelo canto do olho.
Ela dispara:
- Se não quer divorciar, larga daquela lá e a gente pode tentar de novo...
-Eu tenho uma dívida com ela.
-Então pague.
-Não dá prá pagar.
-Porquê?
-Não é nada material.
-Não posso fazer nada.
-Pode sim.
-O quê?
-Quero as duas!
-Ah vai a merda!
E foram para a sala comer a sobremesa.
Constelação Unica
Enviado por Constelação Unica em 13/06/2018
Código do texto: T6363313
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Constelação Unica
Bauru - São Paulo - Brasil
1552 textos (112614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/06/18 10:21)
Constelação Unica