Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mastigando fora da boca.

Nos tempos de banda de música eu vi muitas marmotas... Certa vez fomos tocar na "famigerada" semana da Pátria, no distrito de Papara. Aquele desfile tradicional, bandeirinhas do Brasil. Aquelas faixas com dizeres sobre Paz e Esperança... Pois é. O interessante é que sempre depois destas apresentações serviam os mais exóticos lanches para a Banda. Neste dia foi fantástico. O lanche era mamão. Isto mesmo. Diversas fatias de mamão, bem madurinho. Agora o mais incrível é que não tinha nenhuma colher... Ou garfo... Ou faca... Nada! Todos se entreolharam, tristes. Se fosse melancia, tudo bem... Era mais fácil comer... sem precisar de colher, agora mamão. Todos estavam conformados que não seria possível "lanchar". Até que um dos integrantes da banda, um percussionista teve uma brilhante idéia. Descoberta por nós quando ele disse: - Eu vou é comer... Sou nem besta. - Nesta hora ele simplesmente tirou a dentadura... e começou a raspar o mamão e comeu... Não sei se o mais ridículo era ver os dentes dele raspando a fruta ou o sorriso desdentado dele...
Lauriston Trindade
Enviado por Lauriston Trindade em 15/09/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T654030

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor e link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lauriston Trindade
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
45 textos (17264 leituras)
2 áudios (93 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 20:59)
Lauriston Trindade