Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um pouco de história - EC

“Rio de Janeiro,  22 de agosto de 1920.

Querido  e Saudoso Olavo,

               Como está você meu eterno amor ? Conte-me as novidades de Trás-os-montes. Tardarás a regressar ?  Aqui tudo tem mudado muito rapidamente, de tal modo que a cada missiva lhe transcrevo um cenário diferente.  Por ocasião do centenário da independência  de nosso país, corre  grande movimentação para receber os Reis da Bélgica. Ora meu amado, bem  se lembra de Sá Freire, não é ? Pois lhe digo, não é mais o prefeito, afastou-se “antes que chegasse a pimenta no nariz”. Houve grande insatisfação de todos, acusando-o de sovinice com o dinheiro público. Poderíamos receber  tão ilustres visitantes com a cidade  ainda enlameada?  Não há o que considerar, a capital do país merece este investimento.  Embora para mim importa apenas que ao retornar surpreenda-se com o Rio de Janeiro mais bonito para nosso matrimônio.

          Tem “chovido a potes”, mas aqui  no Morro do Castelo,  não sofremos muito com a inundação, todavia continuam os boatos sobre o fim de nosso bairro, dizem que para deixar a cidade mais arejada e saneada. Como se morássemos numa pocilga! “Caturrice” pura!   Pode Olavo ? Um lugar lindo deste, com tantos casarões ? Como ficariam sem a Procissão de São Sebastião ? Não creio ser assunto “ de graveza”.

             Chegou a tí a novidade? Entrar no mar  não é  apenas para os que tem bronquite, isso já esta ficando coisa do “tempo de Maria Cachucha”. Sabe que agora há uma Lei que autoriza banhos de praia ? Desde que a fiscalização mantenha um guarda-sol branco aberto, e que as vestimentas estejam em conformidade com as normas divulgadas, a população pode banhar-se entre 6 e 9 horas, e a tarde entre 16  e 18 horas. Que acha que irmos um dia molhar os pés em Copacabana ?  Se o guarda sol das autoridades  for na cor vermelho o banho estará proibido, mas como moramos próximos, poderíamos tentar outras vezes.

            Já viste em Mirandela, os tais  automóveis? Já os temos! Ví apenas um, parece-me uma carroça de metal que anda sem os cavalos. Achei  deveras moderna , apesar de arriscada. Bem, vou encerrando por aqui, aguardando ansiosa por sua resposta até  o Natal. Com muito amor, lhe envio ósculos saudosos”


           Nesta época as correspondências entre o interior de Portugal ( Mirandela) e a capital do Brasil, demandavam um período de 60 dias para a entrega.  Esta carta foi extraviada durante o trajeto, e chegou ao seu destino apenas em janeiro de 1921, quando Olavo já havia regressado ao Brasil. Neste ínterim,  atendendo aos propósitos políticos e financeiros da ocasião, o Morro do Castelo foi gradualmente destruído, dando lugar à região que hoje comporta parte da Urca, Lagoa Rodrigo de Freitas e Jardim Botânico.   O pai de Annete, uniu-se à alguns vizinhos   após a desapropriação do casarão e redondezas e  estabeleceu comércio em Piedade do Iguaçu, vilarejo próspero (atual Nova Iguaçu).

           Encontrar Annete foi tarefa árdua e infrutífera num universo mutante e desconectado. Sem notícias do namorado, em dois anos aceitou proposta de casamento de um sócio de seu pai.  Em novembro de 1927, viajando em Lua de Mel,  para o interior do estado fluminense,  Olavo  lia distraidamente a manchete  de capa do Jornal do Commércio :

“PARTINDO DE NATAL, DESEMBARCOU HOJE NO RIO DE JANEIRO, O AVIÃO 606 DA CGA, TRAZENDO A PRIMEIRA MALA AÉREA DO BRASIL “


Em tempo:
(1) - exceto os personagens e romance envolvido, todo o contexto é absolutamente real e histórico.

(2) Um século depois a ansiedade nos assalta pela looonnnga demora de minutos em receber uma confirmação de leitura (>>) pelo  Whatsapp.

*****

Este texto faz parte do Exercício Criativo - Carta Perdida
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/cartaperdida.htm
Letranda
Enviado por Letranda em 08/04/2019
Reeditado em 08/04/2019
Código do texto: T6618646
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Letranda
São Paulo - São Paulo - Brasil
295 textos (22907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 11:48)
Letranda