Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os GAtos namoradeiros( ec)

Oi comadre,Maria! Cadê seu gato que nunca mais vi?
- Qual deles, comadre Ritinha?
- Aquele que tu andavas pra cima e prá baixo.
- De braços dados ou nos braços?
- Eita que prosa mais doida é essa, comadre? Não tomaste teu remedinho?
- Desculpa , eu? Venha tomar um café que lhe conto tudo.
- Sabe comadre estou muito triste com os gatos. Safados, traidores!
- Eita que revolta é essa que minha comadre tão alegre está a esbanjar?
-Alegre e duplamente CORNA! CORNA!
- Calma, não chores! Vai passar, vai passar!
Como ficaste sabendo?
- Certa noite escutei barulhos no telhado .Sabe aqueles barulhinhos de....
- Sim Sim sei .Mas comadre ele não estavas te traindo .É da natureza dele de tempo em tempo fazer esses barulhinhos.
Você se apegou demais a ele por isso estás com esse sentimento.
Chores, Não! Vai passar vai passar.
E do outro como soube?
-Ai comadre, lembra daquela morena bonita que morava do lado de minha casa?
- Sim.Aquela que tinha cabelos lisos iguais aos teus. Foi com ela?
-Sim!
- Nossa! Teu corneamento duplo dá música.
- ÓÓ...respeita a minha dor.
- kkkkkk Um gatinho subiu no telhado prá namorar
O papai ficou com inveja e pulou a cerca prá com a morena ficar!
- Sem graça! Isso lá são modos de me consolar, Comadre Ritinha?
- Chores, Não! Vai passar vai passar!
Maria Luzia Santos
Enviado por Maria Luzia Santos em 22/04/2019
Reeditado em 22/04/2019
Código do texto: T6629483
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Maria Luzia Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
359 textos (26533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 12:23)
Maria Luzia Santos