Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Concha das Mãos

Ela não queria estar alí. Não, definitivamente. O sabor do café a angustiava.

Rompendo o último fio de esperança, levou, decidida, a mão ao interruptor.

A escuridão instalou-se no quarto.

Um alívio descomunal a possuíu, como se ela tivesse desaparecido e viver não passasse de uma suave vibração.

Ficou assim, invisível, por imensos minutos.

Quando finalmente acendeu as luzes, assustou-se com aquela estranha sensação de que nunca mais seria a mesma. Ao piscar, as luzes sempre iluminariam um rosto diferente.

Na cômoda, o café ainda estava quente. Não queria café.

Sentia, antes, uma ânsia arrebatadora de beber o mundo inteiro com a concha das mãos.

Danilo Reis
Enviado por Danilo Reis em 30/11/2007
Código do texto: T759871

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Reis
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
32 textos (977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:19)
Danilo Reis