Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO // CONTO FANTASIA

      DEUS  SEJA  LOUVADO !

QUE A GRAÇA  DO SENHOR  JESUS  REPOUSE  SOBRE  NÓS!

  JESUS! -  NOME  QUE  SALVA !

**********************************************

         OH! POR QUE  JESUS  ME AMA ...

          “ JÁ  CANSADO  DO  PECADO
          FUI  AOS  PÉS  DO  MEU  JESUS
              E  ALI  CAIU  O  FARDO
           DE TRISTEZAS E  DE  DOR !

          OH! POR QUE  JESUS ME  AMA
         EU  NÃO  POSSO  TE  EXPLICAR
        MAS  A  TI  TAMBÉM TE  CHAMA
              E  DESEJA  TE  SALVAR!

              COMO É  MARAVILHOSO
          PERTENCER  AO  MEU  JESUS
        TER  A  GRAÇA  E  O  REPOUSO
          E  FICAR  AO  PÉ  DA CRUZ ! “  HINO

*******************************************************

              UM  MOMENTO  DE  DESCONTRAÇÃO

 
  “Je  veux,  sans  que  la  mort  ose  me  secourir,
 toujours aimer, toujours  souffrir, toujours  mourir. “
                                                 Corneille (1606- 1684 )

        “Eu  quero, sem  que  a  morte  ouse  me  socorrer,
 sempre  amar, sempre  sofrer, sempre  morrer.”

                         

              Nove horas da manhã de um sábado. A praia estava cheia de sol e de gente. Mas eu ia só, junto ao mar, sem nenhuma pressa, distraída mesmo, alheia a todo o “ frisson” que tomava as pessoas.
              Então, inesperadamente, subiu-me do fundo da alma, um sonho há muito tempo esquecido e que não será real jamais.
              Entretanto, não é proibido sonhar... e é por isso que, em alguns minutos, quantos  sentimentos, quantas vibrações, quanto calor e quanta luz eu pude experimentar!..
               De  repente, atravessei  o limiar dos bastidores. Lentamente, as cortinas  se levantaram.
               A orquestra e seu  maestro, o coro, o público, todos estavam  à minha espera. Era o meu triunfo, a minha vitória.  Estava eu ali para cantar o papel principal de uma ópera de Verdi, para aqueles que sabiam apreciar  a boa música, com um gosto refinado.
               Por minha vez, eu saberia verdadeiramente exprimir o temperamento da personagem e suas paixões; saberia amar, sofrer, morrer...e o faria com voz clara, cujo tom de "soprano lirico ligeiro" desenvolveria  as  frases com  grande sonoridade, enquanto o público me seguiria atento e comovido. Saberia manter a medida dos gestos, saberia volver os olhos e sustentar o interesse da plateia até que a grandeza da  obra de arte finalizasse no inevitável desfecho trágico.
                No fim  do espetáculo, eu estenderia os braços e os fecharia, inclinando-me ( ao som de “bravo!”  “ bravo!” “bis!”) para agradecer os aplausos, sem esquecer, evidentemente, de dividi-los com os outros cantores e a orquestra.
                Aquele seria um momento em que o coração se inundaria de muita alegria.
               Mas, eis que rápido, rápido, faço meu retorno ao cotidiano. O mar ainda estava ali  certamente. Também as pessoas.
                Quanto a mim, felizmente conheço minhas exatas dimensões, realizando plenamente o que posso, da  melhor forma.
                Tento extrair de meu espírito,  a  cada  dia, a verdadeira arte de viver.



******************************************************


 MULHER  MERECE  RESPEITO!

“ MEXEU  COM  UMA,  MEXEU  COM  TODAS !”

******************************************************
Esther Lessa
Enviado por Esther Lessa em 16/01/2019
Reeditado em 17/01/2019
Código do texto: T6552307
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Esther Lessa
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1217 textos (101647 leituras)
56 áudios (2666 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/02/19 07:03)
Esther Lessa