Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cordeiro da Fazenda

A ovelha deu cria. Mas o cordeirinho nasceu com seus ossinhos bem fraquinhos e não podia andar. O senhor Almir acordou bem cedo já com um plano em mente: sacrificar o cordeirinho. Sua filha, Luiza, uma lourinha de 11 anos, logo foi atrás:
-Por favor,papai! Não faz isso,não!
- Filha, controle-se!
-Se eu tivesse nascido aleijada, o senhor iria me matar?
-Claro que não! Uma criança é completamente diferente de um animal que não pode andar!
-Por favor,papai! Deixa eu cuidar dele!
- Tá bom! Você vai ver o trabalho que vai ter.
Luiza preparou uma cama bem quentinha e ali colocou Branquinho, como chamou aquele filhote!
O tempo passou e Luiza, agora com 30 anos, se formou veterinária.
Branquinho viveu por muitos anos, graças ao amor de Luiza!
E assim, a amizade entre uma menina que tinha 11 anos  na época, e um cordeiro aleijado, foi notícia naquela cidade!
Mas a vitória não foi do cordeirinho e muito menos da garota. Quem venceu foi a força do amor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  
gordilho de betim
Enviado por gordilho de betim em 09/07/2020
Código do texto: T7000696
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
gordilho de betim
Betim - Minas Gerais - Brasil
699 textos (16249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 00:05)