Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma viagem à metáfora da existência

Conceda-me meio instante, por favor!
É preciso preparo intenso ao iniciar esta viagem. Mesmo que não lhe  custe esforços, tem de organizar a bagagem de neurônios para que esta brusca mudança em seu estado de espírito não afete a matáfora da existência.
Não deixe de carregar as malas às infinitas imaginações surreais até seus botões estourarem de fartura e abundância. Pois de realidade não bastasse o veículo a transportar-lhe.
A seu respeito, calibre bem os pneus com oceano de letras até afogar-se em palavras que vazam entre as emendas custuradas ao léu. É certo que por entre estas ao menos em algumas estará escrito flor, noutra música e por fim, sonho!
Assentado, de pé, bruço ou mergulhado ao chão, cautele o máximo para que não derrube qualquer estrela dependurada ao teto de seu colchão. Simplesmente sonhe!

Mais outra cousa:
Permita que a máquina decida entre buracos e mergulhos seu destino. Mesmo que o desconheça. Se acaso isto acontecer, lembre-se que são poucos que possuem inigualável sorte. Pois se não sabe, comunico-lhe: profundos aleatóreos proporcionam mergulhos mas profundos, buracos mais torpes, estrelas intensamente radiantes e sonhos com o aroma da vida em excêntrica realidade.

Pare e perceba que às pontas dos pés e ao funda d'alma vai-se inundando aos paucos com buracos d'agua. Estão, pois, enxarcando e esvaziando ao mesmo tempo que abastecem sua bagagem de imaginação. Aquelas mesmas carregadas por neurônios.

Agora sim. Abra os cílios às estrelas; arranque-as e tome-as nas mãos. O velho costume de roubar os astros traz-nos a luz que os possui para dentro da alma. A certeza de que seu olhar acenderá mais surreal e estrelado é convicta!

Então, como último passo, mergulhe neste surrealismo vivo e criativo. Por fim acorde, acenda as luzes, seque a alma e seus pés. Sinta. E sonhe. E brilhe. Viva mais que intensamente a metáfora da existência.
Heloisa Rech
Enviado por Heloisa Rech em 23/10/2007
Reeditado em 13/11/2007
Código do texto: T706945

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Heloisa Rech
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 27 anos
27 textos (1038 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:23)
Heloisa Rech