Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Cavaleiros Coloridos

Era uma vez quatro cavaleiros. Um azul, um vermelho, outro dourado e um amarelo. Atravessavam desertos como ninguém. Nas batalhas, todos os temiam. As enormes florestas eram como conhecidos quintais. Até que uma vez chegaram a uma cidade na antiga Roma e deram de cara com o rei e teus milhares de soldados, como se já tivessem os esperando. O rei se assustou! - Meu Deus, eles são coloridos! - Os cavaleiros se entreolharam com um riso sorrateiro no canto da boca. Como que por susto, o rei ordenou que teus soldados os capturassem, mas como se fosse mágica, os cavaleiros sumiram e apareceram em cima das torres do castelo. Todos os soldados se assustaram, uns sairam correndo gritando frases para os deuses, outros ficaram boqueabertos sem reação. - Meus cavaleiro, de onde vens? O que fazem criaturas mágicas em minhas terras? - Disse o rei, tão assustado como qualquer um ali que não fosse um dos quatro cavaleiros. Desta vez não foi possível segurar o riso, e os quatro cavaleiros quase caíram lá de cima de tanto rir, até que o azul se vira para o rei, e, ainda às gargalhadas, responde: - Meu caro rei, não te assuste! Não somos criaturas mágicas, apenas não existimos! Somos desenhados por uma mão que nos leva aos quatro cantos do mundo para dizer a todos que nenhuma fortaleza pode com a fantasia de uma criança!

------------------------

Em homenagem à Luan Matheus, meu afilhado!
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 24/11/2005
Código do texto: T75851


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
958 textos (33011 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/02/20 01:12)
Júnior Leal